Total de visualizações de página

sábado, 30 de junho de 2012


A respeito...


Nós acreditamos que Deus sempre nos perdoa por nossos atos, mas se continuarmos errando o que acontece você já perguntou nessa perspectiva de ação?

Jesus foi claro a dizer para segui-lo e isso significa honrar com os compromissos Celestiais, não é somente pedir e sim fazer as suas obras.

Ajudando você sempre sairá bem, mesmo que lhe acontece o mal, pois os males de fora servem como experiências.

Devemos sempre nos arrependermos de nossos males, senão faremos o errado pensando fazer o certo. Direcione sua vida as coisas que lhe são justas e você sentirá sempre uma luz em seu caminho, como uma estrada conhecida pelo qual cada vez que pegue seu trajeto em seus passos fique deslumbrados pelos arvoredos e ao cantar dos pássaros que lhe dão boas vindas. 


Mudem suas atitudes, faça o bem aos outros, sinta a presença de Deus em seus atos, e você estará fazendo aquilo que Jesus fizera em sua vida. Você não fará perfeito na primeira vez, mas a paciência e persistência farão de você valioso para você e aos outros, mesmo que estes não lhe compreendem de imediato.

Nunca fale a ninguém... Ah!!! Eu conheço aquele moço(a), ele nunca vai mudar suas atitudes!!!!

Você talvez esteja vendo ou julgando pelas aparências e isso é um erro grave, pois não devemos julgar somente quando muito necessário em favor de outros.

As pessoas sempre mudam, seja para o bem ou para o mal então para quê justificar ou criticar... Cuidado!!!! Porque daqui algum tempo você lembrar-se-a daquela pessoa, e, aliás, fará os mesmos atos criticados perante ela.

Deus nos prova sempre se estamos fortes ao seu jugo, em relação a compaixão em relação ao próximo.

quarta-feira, 27 de junho de 2012


           Acabando com nossos vícios...




Existem vícios de bebidas alcoólicas, cigarros, drogas que fazem mal ao corpo e existem sentimentos viciosos, que são estes na verdade que impulsiona todos os outros vícios.


Os vícios de drogas ilícitas em geral são difíceis de acabar com eles, mas não impossíveis na realidade. Para quem usa drogas destas citadas, o maior mal é continuar com os pensamentos viciosos, que são adquiridos com seu uso.


O mais difícil é manter-se equilibrado na hora de fissura seja em qualquer uma delas, pelo qual muitos fraquejam. Este estado de perturbação dura alguns minutos e vai decaindo lentamente até que a vontade se dissolve.


O nosso corpo é muito importante, pois é ele que nos torna possível a permanecer neste mundo, até que vamos para o outro lado da vida.


O homem infelizmente se entrega ao poder e ao dinheiro e se perde por pequenos méritos, como status, e se desestabiliza com Deus para com a vida. O mal está aí sempre à espreita, querendo que nós filhos de Deus, caímos em um lamaçal de sentimentos, atos e atitudes desgovernados, por um simples prazer momentâneo, que é na verdade ilusório.


Eu aprendi uma coisa que eu levarei para o resto de minha vida, não fale de ninguém a este respeito, pois poderemos passar pela mesma atitude de nosso próximo, isso não é apenas no uso de drogas, mas em todas as questões humanas


Por isso digo às pessoas que tem essa dificuldade, insista em ser saudável, na verdade não é tão difícil assim, basta esforço pessoal e muita fé em Deus, porque os fracos se tornaram fortes, isso é uma realidade.

terça-feira, 26 de junho de 2012


O dia em que aprendemos a amar...


Todas as religiões sejam cristãs ou não ensinam o amor, até mesmo à sociedade materialista emprega esse termo ao dizer-lhes sobre este sentimento.

No Japão existia uma luta muito grande para preservar seus sagrados conceitos do mesmo, e existia uma arte marcial chamada Samurai que em sua tradução significa “servir”. Judô pelo qual pratiquei durante anos significa “Caminho suave”.


Muitas ideologias, conceitos e ismos, foram tirados da China e Japão para os países do Ocidente assim também como  Egito para renovação em um conceito maior.

Quando o salvador chegou ao mundo digo Jesus, todas as crendices e especulações a respeito de um mundo melhor foram direcionadas a ele mesmo, para os fariseus, e outros povos achavam que um salvador deveria ter um poder de um rei e sua força, Cristo não foi bem recebido para muitos daquela região e até hoje mal compreendido.

Não era de se esperar, pois como disse a sociedade, é egoísta e não enxerga ou não querem ver este amor que Jesus o idealizou em toda a sua plenitude e retidão.

Se fizéssemos um décimo do que Jesus realizou na terra o mundo seria outro, mas existe uma coisa que nos deixa presos, o poder de: conhecimento, dinheiro, prestígio E isso são egolatria ou outro nome que é bem evidenciado o egoísmo.

Mas ainda temos chance de renovarmos e revertermos este ciclo de atitude e isso se chama arrependimento. Quando vemos nosso erros, não são para ser apenas uma lição e sim um incentivo ao acerto.


O dia em que aprendemos a amar será o dia em que deixamos de lado nosso ego e esquecermos-nos de nós ajudamos as pessoas sem menores intenções, aí sim aprendemos o que Jesus quis dizer...


 “ Eu não vim para ser servido e sim para Servir”.

segunda-feira, 25 de junho de 2012


Frases Reflexivas

Vamos fazer o quê!?

Vamos nos ajudar, ajudando os outros...

Vamos esquecer-nos de nossas falhas com as mãos sendo utilizadas...

Não critique ninguém...

A humildade é como uma minhoca...
Quando somos pisados fingimos que estamos mortos ..
Frase de Nit

Tudo tem conseqüências e somos nós os artífices desse processo em andamento...

A experiência é filha da sabedoria
Texto de Leonardo da Vinci

A fé move montanhas, mas leve a sua pá...
Autor desconhecido

Desvenda os mistérios de Deus, observem as nuvens, as estrelas e a lua, mas cuidado com as pedras em seu caminho...

Observe à rosa, sinta a sua suavidade e seu cheiro, mas cuidado com seus espinhos, pois eles poderão trazer-lhes feridas para toda vida....

sexta-feira, 22 de junho de 2012


Fazer pedidos...


Muitos pedem a Deus o que vem a seguir depois do pedido feito.E o que fazer antes do pedido, continuar confiantes para agradecer sem lamentos ou sabotagem de si próprio. Infelizmente somos muito pouco auto-suficientes, sempre deixamos que os outros faça aquilo, pelo qual algo estará gritando para que o produzimos.

Esquecemos de pedir a Deus para que ajudemos o próximo, em todos os sentidos. Mesmo que seja para comprar algum alimento ou algum sorriso de boas vindas e ou algo que possuímos que os outros necessitam.


Antes, tudo é perfeito a oração, pedimos a Deus ou a Jesus, mas na hora de colocar as obras com os próprios punhos vacilamos e deixamos a desejar o que vem depois.

Há vida vai ti dar o que você der a ela, então pensemos muito nesse maravilhoso poder que possuímos de ajudar as pessoas. Não digo só monetariamente e sim com palavras, incentivos um aperto de mãos reconfortante ou uma boa conversa.


Sabemos dos seus resultados, já nos sentimos gratificados várias vezes por ajudar alguém, então... continuem...

Esse amor só irá voltar para mesma direção oposta e você será beneficiado por isso...

Então para encerrar vou contar uma historinha muito significativa que aprendi com um grande amigo:

Existia um homem muito rico e seu filho era muito gastador de suas riquezas. E aquele, sempre dizia que tudo que possuía seria perdido em suas mãos, e quando acabasse com tudo só existiria uma saída... se enforcar em uma forca que o próprio pai construiu.

Seu pai morreu e seu filho gastou tudo que possuia como seu pai lhe dissera. Desolado e traído pela própria sorte foi até a forca. Colocou seus pés em uma cadeira cumprida e na hora pronto para morrer, caíram jóias e diamante sobre sua cabeça enquanto caia e um lembrete o alertava “existe sempre a segunda chance”.

Fica essa história para reflexão.





quinta-feira, 21 de junho de 2012


Fazer pedidos...


Muitos pedem a Deus o que vem a seguir, e o que fazer antes do pedido, continuar confiantes para agradecer sem lamentos ou sabotagem de si próprio. Infelizmente somos muito pouco auto-suficientes, sempre deixamos que os outros faça aquilo, pelo qual algo estará gritando para que a produzimos.

Esquecemos de pedir a Deus para que ajudemos o próximo, em todos os sentidos. Mesmo que seja para comprar algum alimento pedido ou algum sorriso de boas vindas e ou algo que possuímos que os outros necessitam.


Antes, tudo é perfeito a pedimos a Deus ou a Jesus, mas na hora de colocar a obra com os próprios punhos vacilamos e deixamos a desejar o que vem depois.

Há vida vai ti dar o que você der a ela, então pensemos muito nesse maravilhoso poder que possuímos de ajudar as pessoas. Não digo só monetariamente e sim com palavras, incentivos um aperto de mãos reconfortante ou uma boa conversa.


Sabemos dos seus resultados, já nos sentimos gratificados várias vezes por ajudar alguém então continuem...

Esse amor só irá voltar para mesma direção oposta e você será beneficiado por isso...

Então para encerrar vou contar uma historinha muito significativa que aprendi com um grande amigo:

Existia um homem muito rico e seu filho era muito gastador de suas riquezas, e aquele, sempre dizia que tudo que possuía seria perdido em suas mãos, e quando acabasse com tudo só existiria uma saída se enforcar em uma forca que o próprio pai construiu.

Seu pai morreu e seu filho gastou tudo como seu pai lhe dissera. Desolado e traído pela própria sorte foi até a forca. Colocou seus pés em uma cadeira cumprida e na hora pronto para morrer, caíram jóias e diamante sobre sua cabeça enquanto caia e um lembrete o alertava “existe sempre a segunda chance”.





terça-feira, 5 de junho de 2012


Como ensinar, aprendendo na vida....


Às vezes você pensa estar ensinado, mas é você que aprende o artifício, a vida é assim, você está aprendendo sempre e basta uma alternativa diferenciada você verifica análises diferentes de seu conceito, mesmo que seja apenas uma alerta ou despertamento.


Os homens devem aprender fazendo, isso já basta, pois Jesus que é nosso mestre ensinou, poderia dialogar frases dos céus e fez, mas se direcionou aos pecadores como servidor ao mesmo. Poderia explicar tudo, porém deixou que aprendêssemos aos poucos, cada palavra, cada gesto e cada atitude pelo qual realizou com exemplos.


Não tenho palavras de tamanha magnitude do que Jesus fez, mas sei de seu propósito em relação a nós. Sofreu, porém iluminou o mundo na cruz onde seu espírito foi ao pai e nosso pai nos mostrou o caminho a seguir...


Diferentemente de outros iluminados Ele não deixou se quer um dia de sua vida em desacordo com o altíssimo, e mesmo no fim dela deixou que seu pai fizesse o que estava preparado sem esmorecimento ou angustias.


Nós devemos pensar muito nisso, pois as escolhas na terra serão determinantes para toda vida. Não julgue pelas aparências, não subjugue e não maldiz de ninguém, sinta-se envolvido por uma proteção que está a sua disposição bastando apenas que a sinta.


Existem milhares de estradas, mas cabe você escolher o caminho certo. Deus está consigo, nunca ti abandona em todos os seus sofrimentos e alegrias, mas a vitória é surpreendida pelo seu exemplo.


Pense nisso sempre ok!!!!!!!?

Sempre recomeçando....


Como disse anteriormente o arrependimento é o que nos fortalece para novamente caminhar por esta estrada florida e com suaves cheiros e sabores das flores, e as vezes, como entrar por uma sombria neblina sabendo que o sol irá surgir depois de algum momento.

Todos temos algo a mudar e o arrependimento é um sentimento do que estávamos errados perante ao pai celestial, e pelo seu entendimento da vida você conseguiu enxergar sua falha.

Se você cair, levante-se, se errou volta ao ponto inicial e se se arrependeu tenha em mente que o caminho se chama vitória.

A vida não é para ser carregada e sim vivida, não para ser pesada e sim sentida. Você já deve ter percebido que quando estamos bem o tempo se esvai, e quando tristes demoram a passar.

Sinta-se invadido pela sua presença e leia as escrituras sempre. Para como uma chave receber inspirações de como agir nesse mundo muitas as vezes massificante e cruel.

"Viva no mundo, mas não seja do mundo"

Sempre empregue em seu dia a dia a oração e agradecimento de mais uma oportunidade na vida, pois haverá um dia que você será cobrado pelo o que deixou de fazer e do que poderia aprender.

Insista em seus propósitos mesmo que o mundo esteja contra, pois as pessoas não são somente adversárias e muitas das vezes amigas, porém o mundo terra está cheia de artifícios para você cair em uma armadilha, por isso siga seu Senhor Jesus e confie Nele, para que sua vontade seja manifestada.

segunda-feira, 4 de junho de 2012


ARTES DIGITAIS



Denominada como a arte do futuro, onde navegamos dia a dia na internet, Marketing e Publicidade. Esse novo jeito de dialogar através de imagens sejam através de aparelhos celulares, ou notícias de TV pelo qual a mesma deu origem a várias outras, fazem-nos pensar o que virá em seguida.

 Gostamos do que vemos e também fazem parte de nossas vidas issso, agora, nesse exato momento. Informações chegam-nos mais rapidamente incluída pelas imagens como um direcionamento a questão... O que será no futuro!?


Se deixarmos as coisas acontecerem por motivos às vezes luxuosos, perderemos o de bom que está por vir. Não sou contra a imagem digital, pois também sou designer e ilustrador como vocês sabem, mas até que ponto devemos nos questionar a este respeito, e até onde. devemos nos empenhar neste tema fantástico!?

Deixo estas questões a vocês para que reflitam e vejam do que lhes digo, porque às vezes a mente nos enganam e somos enganados, por questões às vezes materiais, porém não quero deixar minha opinião no ar e sim que você pense a respeito.


Não sou enganador de conceitos e nem subjugados a eles, mas sinceramente me preocupam muito essas coisas ditas anteriormente, devido à fraqueza humana que é falha e às vezes impulsiva.

Peço a Deus às vezes para eu dizer algo para que a sociedade e humanidade sejam exatamente isso, humanos!!!!


Deixo aqui uma sugestão a este respeito pelo qual já disse algumas vezes em outras palavras, pense muito no que faz e como faz, e também, pense no que está deliberando e dando exemplos as pessoas, pois isso conta muito em alguns de seus pensamentos ao bem para um futuro próximo.

Não quero contradizê-los, mas apenas darem alguns pensamentos que muitas vezes esquecemos.