Total de visualizações de página

sábado, 28 de agosto de 2010

Como criar: Arte

Todos nós de natureza criativa, temos meios de praticar tal empreendimento. Como base temos o desenho artístico ou técnico. O primeiro desdobra-se em processo inspirante e o segundo aliada à esta através de estudo e prática, da-se em muitas ocasião o nome de design (projeto). Para fazer uma peça de madeira, se o construtor tiver conhecimentos técnicos terá mais prestigio em sua obra, mas se já esboça um desenho artítico, consiguirá perfeitamente ter uma idéia do que será feito. Um exemplo que não canso de dizer é desenhar como roby, sem pretensões no momento em voga, desenvolvendo a sua qualidade imaginativa, pois a prática se cultivará aos mecanismos especialmente diversificados.

Para esboçar algo no papel deverá ter no mínimo prática e dedicação pelo qual vêm com persistência de querer, não há outra maneira ao seu desenvolvimento. Primeiro tenha-se em mãos o papel e o lápis(grafite), imagine algo de seu interesse, pois no início isso é importante, pois nosso cérebro grava as configurações a serem recebidas pela imaginação. Com técnicas próprias como não apertar o lápis e suavisar as linhas a serem trasfiguradas, começe pelo esboço. Rabisque a vontade sempre procurando se divertir pelo feito, e digo nunca pense que será um grande desenhista no futuro ou algo parecido, porque isso poderá afetá-lo no empreendimento pelo qual está dedicando. Depois de ter feito os contornos, começe a grafar nas próprias linhas escolhidas por você o desenho propriamente dito. Depois de traçar o desenho faça os respectivos detalhes finais, luz e sombra (isso explicarei adiante em outro tópico), dará outro aspecto ao desenho.

Então não é muito difícil é? Simplismente desenvolva esta pratica dia a dia, e você verá a sua arte sendo construída por você.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

DESIGNARTS.

O início da transformação artística pessoal acontece ou de imprevisto( talento/naturalidade) ou por imposição(interesse/trabalho). Quando entre estas duas possibilidades dadas estão juntas, pode-se aglutinar em maestria e beleza, como muitas obras que vêmos por aí em todos os lugares. Como a teoria não é fixada em apenas métodos e estudos, a prática é o intercâmbio entre as duas. Design&arts é uma espécie de base para informatização não apenas de dados teóricos e sim, de dados especificados em composição ao todo. Convenhamos que sem entender o conteúdo de instrução ideológica, não será tão proveitoso ao aluno ou profissional em qualquer área de atuação. Como disse, arte é "criar" conceitos e/ou linguagens metafóricas ou concreta ao profundo desevolvimento mental e espiritual. É o desaguar na profundeza do insconsciente e retirar fragalhos do momento que sentiu no momento, consequentemente vêm estas inspirações em formas sentimentais de tristeza ou amorosa.

O artísta deverá percorrer caminhos, estudar, observar e criar sua própria lingua de expressão ou comunicação, tendo como base o desenvolvimento humano. Reflita para saber qual é a sua maneira e como se impor no mercado, sempre preocupando em agir de acordo com seus ideais. Haverá tristezas, desilusões, mas todo caminho existe paciência e persistência.

Procure ler, estudar, pessoas e obras e tirar delas a sua própria criatividade, pois todos nós somos criativos. Não pense em fazer arte para artístas e sim, arte pela arte.

domingo, 22 de agosto de 2010

CONTROLE

Única e exclusivamente há um controle incrível para não percebemos o óbvio globalMENTE. Você já ouviu ou leu sobre aqui ser uma ilusão, mas na verdade você é o criador desta ilusão com um contexto ainda maior. Você já se perguntou porque usamos 5% à 6% de nossa capacidade mental?
Tudo funciona na sua mente e ela comanda todo o conteúdo que você constroe ou vai construir.

Imagine: Você em uma praia belíssima, o sol toca sua pele e você decide entrar no mar, pois sentiu um pouco de calor, depois de alguns segundos volta se enxuga em uma toalha e toma um suco tropical...

Quando eu disse esta palavras, você tentou encaixar sua vida nestes preâmbulos e situações não foi??? Isto é o que o mundo faz a você o tempo todo. Te dá aplicativos ou situações e não te da instruções e se preocupa se você gosta ou não. Talvés neste exemplo você teve medo ou não. Mas o importante que quero te mostrar é que você construi este mundo imaginário e viveu em sua mente. Eu não posso dar nomes aos bois para te dizer quem controla sua mente. Você deve pesquizar por si próprio não porque eu não possa dizer totalmente, porém todo o percurso deste inigma é pessoal. Como disse Sócrates " conhece-te a ti mesmo".

domingo, 15 de agosto de 2010

A palavra que cala!!!

Já fomos várias vezes interrogados pelo que fazemos em nossas vidas. Existem a família, religião, cultura, educação e vários outros caracteres pelos quais desistimos de nossos sonhos. Esta é a palavra que se cala, mas este não é o fim, pois no fundo de nós mesmos temos contentamento com nossos propósitos de vida. Esperamos com esperanças, surgem as dificuldades, sofrimentos e logo vêm a luz no fim do túnel e grandiosamente agarramos e a felicidade surge novamente. Penso que você que está lendo já passou por isso várias vezes. Toda palavra fixada em nossas mentes transformam situações, supera limites e quebram barreiras. Não deixe seus sonhos sair de sua alma, não fique indiferente, pois é isso que te deixa vivo neste exato momento. As vezes pensamos que não vamos conseguir, mas a vitória está escrita dentro de você, e se pessoas desacreditarem é porque você está no caminho certo. Eu sei você ainda não acredita!!! Veja esta história contada em uma mensagem:

Um aluno escolar acordou em plena sala de aula e viu dois problemas no quadro, pensou em ser tarefa de casa e os copiou. Passou o final de semana estudando e passou madrugada inteira tentando resolve-los. Conseguiu resolver um, pois precisava de nota na matéria. Quando chegou e entregou o problema resolvido para o professor este quase caiu de costas, pois tinha feito uns dos dois problemas considerados insolúveis pela matemática. O jovem não sabia que era impossível e foi lá e fez.

As barreiras somos nós mesmos que construímos, não duvide de si, e entre em seu interior lá está a voz que lhe impulsiona.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Informação Divina.

Criado para ser feliz, Leonardo como se chamava sempre pensou em ser escritor. Lia os autores endeuzando-os em cada página escrita. Ainda criança pensou em trilhar este caminho. Foi estudando,lendo muito, descobrindo e tendo intelectualidade expetacular. Formou-se na faculdade em dois cursos e se desenvolvia em cada frase, pensamento, contos e estórias. Por muito tempo pensava em escrever um livro jamais escrito e pesquizou várias áreas de conhecimentos e durante este processo que passava, começou a ficar prepotente, já não lia livros de nenhum autor como base, achando-se sem sentido ou conteúdo reais.
Se isolou e escreveu um livro durante quatro anos. Achava este projeto o mais importante da história e em uma de suas divulgações, veio um rapaz e disse olhando em seus olhos: Dr. leonardo esta sua obra é belíssima, parece muito com escritor conhecido, eu não lembro o nome dele! Sem que terminasse respondeu: Muito obrigado e assinou o livro em seguida devolveu a sua obra em suas mãos. Achou que seu livro seria imprevisível e mais completo de que outros romances que tinha lido em toda sua vida, mas aquele rapaz dizia o contrário, tentou achar respostas naquelas palavras e todo o seu desevolvimento cultural, foi se tranformando e criando raízes de desgosto e incompreensão em sua pessoa.
Numa noite no mesmo dia dos autógrafos, teve um sonho e uma pessoa caracterizada como anjo lhe disse: que naquele momento em diante deveria avisar as pessoas através de seus conhecimentos acumulados e incentivar esperanças e virtudes que já possuía em seu ser. Depois deste dia Leonardo chorou e se transformou sua personalidade criando situações a favor da humanidade através da escrita e esta foi sua estrada até o fim.

Esta é uma estória fictícia com significado grandioso, se todos nós concordassemos e deixasse de lado vaidades e egoímos, o mundo seria diferente mesmo que sejam poucos, cada centelha abrem caminhos para um viajante a percorrer a estrada. E o melhor de tudo é quando descobrimos isso em nossa vida e todo nosso ideal, que não são só palavras de sentido, mas conhecimento que induz a sentir.

sábado, 7 de agosto de 2010

Esqueceram de mim 1. Hum!!!

Você se lembra o que você fez ontem? Não você diria, ou talvés sim. Muitos seres humanos estão tão preocupados com o porvir que estão esquecendo deles mesmos. Há um mistério envolvido nisso, mas só posso lhe dizer isso, pois esqueci do resto, brincadeira!!!
Pesquize sobre controle mental e espiritual e você irá entender este processo. Igual no filme Matrix, onde Cyper disse em uma de suas frases: A ignorância é uma benção. Estamos perdendo tempo em bobagens e esquecendo de muitas coisas, onde neste exato momento que você está lendo é crucial à humanidade inteira. Se eu posso dizer a verdade já sabemos tudo de tudo, mas ainda pensamos em viver em nossos mundos e esqueçendo da natureza ao nossso redor. Lembramos na festa da noite que virá e nas férias que irão acontecer. Estamos nos matando com cigarros e bebidas e cada vez mais esquecendo do que somos em essência. A razão é o que importa, mas esse é exatamente o mistério que envolve tudo. Talvés você está pensando. Isso é bobagem!! mas a sutileza deste texto é uma extensão sua e cheio de significados simbólicos para que você entenda uma única palavra: Desperte!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Intertextualidade e as artes.

Como uma junção entre as duas, é muito bem verificado pelos textos que os interpretam, poetistas, contistas, fotógrafos, artistas plásticos. Artistas estes que criam raízes classificadas para atingir o alvo: a comunicação escrita. Um livro por exemplo, pode conter ilustrações, fotos, de acordo com o propósito e/ou intrerpetação textual.

Nós também podemos pensar que as artes em si próprias faz-nos pensar em forma e pensamentos através de palavras concretas. Para criar tal veracidade criamos símbolos ou palavras para que nós mesmos intrepretamos pela construção mental. Uma característica que percebo, entre estas áreas citadas que tudo são consequências da criatividade, apredizagem, estudo e movimento. A primeira é como se fosse o manobrista do carro, a segunda os estudos das placas, sinais e etc... e o estudo e o movimento vêm em ordens simultâneas.


Todos os processos da vida, são como uma teia como disse um escritor Americano Fritjof Capra, pois mecanismos intermeiam em situações quase em uma rede sobre nosso costumes e pensamentos, tudo e retilíneo e constante.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

A PROMESSA CUMPRIDA

Eu vejo os olhos de meu velho
Ah! Há quanto tempo eu não o sinto mais
Foram anos de amor e companhia
Mas minha sina foi perdida entre as cinzas.

Têm dias tristes e também felizes
Mas queria um destes em vários dias

Pensativo e alegre caminhava sobre a sala
E eu suspirava em cada andar, acreditava.

Era um sonho, mas meu velho se foi não voltaria!
Porém a promessa de amor eterno foi cumprida.