Total de visualizações de página

sábado, 31 de julho de 2010

DESIGNARTS.

Na natureza humana o seu propósito inerente é a construção, através de sua percepção de conforto que lhe envolve, onde o mesmo determina situações que o levam a "arte". Tudo começa com a curiosidade, depois o pensamento do que vai fazer, e logo em seguida sua própria construção de objetos e/ou idéias. Na maioria das vezes um simples objeto como a faca, pode se tornar bem usada pelo chef de cozinha, como a morte na mão do assassino. Essas variações de atitudes é que forma ou desforma um ideal útil ao pensamento criado. Tudo que fazemos devemos ter esta percepção de ideologia e ética para que possamos colocar nossa cabeça no travesseiro e dormir, pois somos Juízes e réus e a setença depende de nosso modo de vida. Indo neste raciocínio de escolhas, o intermediador, deverá ter em mente e informações para sua praticidade artística para não se perder por situações que antes não percebera de imediato. Toda escolha há sua consequência, como em qualquer área ou atitude para o seu desenvolvimento. Designarts desenvolvido através de estudos, engloba todas as determinações aqui citadas desde o começo, quando me despontou esta idéia de socialização artística.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

História do Alpinista.

Tinha um homem que queria sempre e mais e mais encontrar desafios. Depois de muito tempo queria escalar o Alconquagua, mas não quiz nenhum companheiro, cujo a ajuda seria muito para sua companhia numa escalada de tal nível de dificuldade. Ele começou a subir...
Como ele não tinha se preparado para acampar preferiu seguir até chegar ao topo. A noite caiu e não era impossível enxergar um palmo à frente do nariz, tudo era escuridão, não se via absolutamente nada. A lua estava escondida e as estrelas estavam cobertas pelas as nuvens. A quase 100 metros do topo o alpinista escorregou e caiu, caindo uma velocidade vertiginosa só conseguia perceber a força da gravidade, e ele continuava caindo, e nesse momentos passavam todos os momentos tristes e alegres que passou durante sua vida. Derrepente ele sentiu um puxão forte que quase o partiu pela metade. Como todo alpinsta ele tinha feito o caminho feita por marcas em todo o monte, onde uma corda comprida fixava em sua cintura. Suspenso no ar... ele não tinha nada mais a fazer a não ser gritar. E ele rogou à Deus:
O meu Deus ajudam-me!!!
Uma voz forte e grave vindo do seu respondeu:
O que você quer de mim meu filho!?
E ele respondeu: salve meu Deus por favor!!!
Você acredita que eu possa salvá-lo???
Sim meu Deus tenho certeza!
E Ele ordenou: Corte a corda que eu te mantenho pendurado.
O alpinsita refletiu durante um tempo e segurou ainda mais a corda pensando se a soltasse morreria.

O alpinista no dia seguinte foi achado pendurado, congelado, morto a tão somente a dois metros do chão. Muitas vezes isso acontesse conosco, não damos ouvidos a consciência e agarramos a uma idéia pelo qual deveríamos mudar, mas não mudamos.
Esta é uma mensagem para reflexão, não existe meia fé ou acreditamos em Deus ou não.

terça-feira, 27 de julho de 2010

O que mais eu diria...

Muitos de nós pensamos que nosso problema é maior do que de outras. Todas manifestações do ser humano é basseado neste dilema: O que mais... Como que Deus falando conosco dizendo para superarmos mais, aguentar mais um pouquinho, falta pouco; ele diz. Não damos ouvidos e criamos situações difíceis, por pura burrice e ingenuidade da vida. Jesus que era filho de Deus sofreu muito até sua morte, e nós achamos que sofremos!? Eu estou passando por uma fase difícil, mas todos nós criamos a nossa própria experiência isso eu aprendi durante minha vida. O mais importante é não desistir, por isso crie experiências boas para colhe-las amanhã. O homem é aquilo que pensa a seu respeito, tudo está aí na sua mente, esta voz que lhe clama que voz? Está mesmo que está dentro de você, está aí mesmo no seu pensamento. Somos criadores de situações e Deus está do nosso lado sempre, não pense que não está, pois ele está aí do seu lado ou talvés te carregando em seus braços!!!. Pense, reflita e age!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

IDEOLOGIAS: Ismos e Crenças.

Todos nós temos nossos próprios conceitos, idéias e estudos simplificando: ideologias. Arte é uma delas no meu sentido de expressão é a construção. Mas vêmos extensões das ideologias. Vou citar algumas: Cristianismo, Budismo, Confucionismo, Hinduímo, como crenças; em Política, Ets, Deus, Diabo e várias e infinitas idéias. Temos idéias pelo qual é formulado por uma insistência de ideologias(estudo/prática), que carregamos conosco. Qualquer que seja o pensamento sempre haverá idéias e/ou ideais, mesmo se for a descrenças ou no nada.
A verdade que carregamos dentro de nós é a verdade absoluta, como os estudos da neurolinguistica que diz: Se achamos que estamos certos ou errados estamos certos. Queria chegar neste ponto para te fazer uma pergunta|: Até onde nossa sabedoria é expressada sobre idéias ou conceitos, pelo qual escolhemos o caminho traçado em nós?
A pergunta já têm a resposta: A escolha. Sempre quando debatemos ou superamos situações do nosso pensar existem dois caminhos incomparavelmente delimitados por uma tênue linha.
Aí você pergunta:
Mas como saberei se a escolha está correta ou incorreta, cria-se então a dúvida aí voltamos exatamente nas explicações anteriores, mas fica um recado dentro de nós que se sempre nos envolve: o sentimento do amor...E todas as crenças, conceitos e ideologias são extraídas de um conceito maior um ideal, que é maior que a própria ideologia.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

O VERBO!!!

Estas duas palavrinhas verbais "ser" e "estar" dão um significado real ao que vivemos em toda a nossa existência. Nós vivemos nesta segunda palavra em toda nossa vida. Vamos raciocinar:
Eu sou assim assado, tenho isso ou aquilo, gosto disso e daquilo.Todos nós sentimos dessa maneira no ocidente. Você já se perguntou o que você é??? Esse é um caminho que todos procuramos à felicidade. Quando você ir fundo nesta interrogação você verá o oasis ao seu redor, e não é somente palavras e sim "sentido".

Está escrito nas escrituras " E o verbo se fez carne" você já leu na bíblia ou já ouviu falar!!!. Isso mesmo investigue neste mesmo sentido e você verá o que disse até agora. Na realidade toda vida é escondida para aqueles que não a procuram, investigue fundo mesmo deixa de lado todo a realidade a sua volta e sinta que é o mais importante, quando você chegar lá você vai dizer: É isso que sempre procurava e eu não percebia!!!

E a resposta eu não vou dizer, você somente você, saberá o que está escrito em seu ser. Porque estou dizendo isso no blog!? Para que você caminhe sabedor da sabedoria que envolve o mundo aos seus olhos incrivelmente escondido para todos. E deixo também um recado: Muitos irão dizer o contrário ou maluco, mas perceba, todos os "seres" que deram vida a vida sabia deste todo processo e também, Todos aqueles que venceram não material e sim sentimentalmente conquistaram. Como Jesus, buda, Newton, Albert.,

Uma descoberta eu deixo no ar: Você e somente você, está em tudo e o nada ao mesmo tempo. Quando você ver uma flor todo o tempo pára e você e a flor são a mesma coisa, única. Perceba isso, mas só a caminhada interna pessoal é que importa.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Arte na Metafísica.

A metafísica resumidamente é uma ciência que estuda processos além do que é palpável, coisas inexplicavéis e/ou paranormais.

Entretendo neste vasto campo, pode-se afirmar que também a arte possui uma parte neuro-sensorial, porque quando o artísta formula um pensamento afim do que vai surgir capta no astral metafísico a sua manifestação abstrata. O pensamento e também pessoas fazem parte de uma holografia explicada por esta ciência, onde é intensa neste mundo tridimensional, onde os intermediadores escolhe o que quer desenvolver no seu processo de pensar.
Já se foi verificado que arte "construção" é sentida em todas as suas qualidades de manaifestações. São sensoriais porque; o observador, observa o observado, dando assim um material palpável formulando situações concretas ao ato do manifestante.

Como processo criativo e curativo de mentes, ela a arte, é uma qualidade inerente ao ser humano, pois todos nós somos artistas, devido ao processo de pensar que aprendemos desde de bebê, porque também todo o mecanismo de pensar denota qualidades sensoriais dito anteriormente, surgindo assim a bela imagem desenvolvida.

sábado, 10 de julho de 2010

Pensamentos positivos aliado as artes.

Os pensamentos são extensões de sistemas neurointerativas onde é formulado palavras, negativas ou positivas de acordo com o preparo íntimo. A arte incluínda neste sistema de quesito motor ou prático aliado ao pensamento positivo(vontade de conseguir), transformam não só os seres como também ensina a ensinar, doando de si qualidades sugestionadas e direcionadoras de vida.

Quando o artísta em qualquer área se interessa em ajudar, levanta corpos e espíritos e deslumbra-se no seu fanal de luz á sua volta, e uma pequena chama íntima se desenvolve pelo pensamento criativo, doando-se ao seu redor.

Como a artes marciais dos Samurais e Judocas, pelo qual significado consequentemente se baseia em; "servir" e "caminho suave". As artes plásticas ou manuais em geral também cativa e induz ao processo de pensar nestes mesmos preceitos de vontade, libertadoras e objetivas no desenvovimento humano.

O pensamento positivo se conecta nesta realidade em voga, e aos poucos se misturam, em uma mensagem de paz, solidariedade e conhecimento de vida plena. Todas as realizações positivas abram campos e/ou espaços de intermediadores de sentimentos nobres, porque estabelece conexões próprias com pensamentos e sintonias idênticas. Esta força realizadora de vontade, interferem e aos poucos remodelam-se o ser para que ele se desenvolva artísticas, para que passe aos outros estes mesmos conhecimentos, baseando é claro, em sua linguagem artística.

Cotidiano: Arte e Vida.

Nossos dias são plenamente estabalizados nestes dois parâmetros. Vida e arte. Uma se deriva e a outra se transforma em cores para que vêmos imagens ao nosso redor.
Quando vamos trabalhar escolhemos uma roupa adequada colorida ou disccreta, para que possamos mostrar nossas qualidades enquanto pessoa, mostrando suavidade ou extravagância em nossa maneira de sentir e também a maneira de andar e circular sobre nossos caminhos convicentes e obrigatórios para bater o ponto vamos dizer assim...
Pegamos metrô, ônibus ou carros para que possamos movimentar até o rumo desejado. Olhamos neste intervalo de tempo, pessoas, grafite sobre o muro, sinalizações etc. etc.
A arte por excelência é tudo que é derivado de "criação", como gosto de dizer nos meus textos. As Elites têm a sua maneira de observar e nós também, conceitos analisados por todos indistinamente, seja de credo, religião ou cor.

A maneira de gesticular também imprimem a nossa cultura, intelectualidade e por que não a arte expressa em palavras e/ou gírias. Conceitos, formulações de vida seguem propriamente em nossas memórias pretéritas ou remotas. Reflexos e/ou intercalações de manifestações por onde andamos em nosso cotidiano em forma de arte viva.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

ESPIRITUALIDADE nas ARTES.

Venerada pelo mundo às artes plásticas direcionada ao da pintura, formulou conceitos na história catalogadas pelos séculos. Considerada como uma obra divina na antiguidade, delimitou todos os fatos que ela própria se ergueu e se intitulou.

A pintura e também escultura juntas, fizeram de si mesmas pelos próprios construtores, um norte pelo qual visualisamos o passado percorridos eras e mais eras, que não deixa de ter em complemento sua força geral e expressiva. Anteriormente os Egípcios e agora os designers, aquilataram preciosos alicerces. Não era de se esperar, pois toda à vida humana não surgiu ao acaso, foram construções ao logo de milênios.

A Espiritualidade nas artes eu considero na minha percepção "construir" que para mim é a mesma coisa que arte. Como o movimento dos astros e a grandeza do Universo, criado por uma força maior, também nossa vontade cria com sabedoria. Aqui expresso em geral que neste interim todas as manifestações são artes, como por exemplo:
Uma mãe que cria seu filho e de sua criação se torna um cidadão de bem, em um escritor que desvenda mistérios e o divulga ao mundo para libertar povos, um lixeiro que leva o lixo a um determinado local deixando o caminho e as ruas limpas. Como podem ver arte não é somente pintura, escultura e design é muito mais amplo, é como o próprio viver em cada uma de nossas escolhas.

domingo, 4 de julho de 2010

Conceitos para análises: História

DIGITAL: Dados informatizados e/ou eletrônicos, onde se visualisa o mesmo;
DADOS: Informações e/ou conhecimentos informatizados;
CÉREBRO: Orgão capacitor que processa os pensamentos (concreto/abstrato).

O mundo digital em formação de dados em bidimensionalidade, intercalam e se desevolvem com milhares de informações, assim como o cérebro, onde sua raiz e toda potência se encontra no inconsciente. O computador começou a surgir na época da segunda guerra mundial, onde os países inimigos investigavam estratégias e/ou informações através de um aparelho parecido com os pcs antigos. Depois de vários estudos tecnológicos, começou a surgir aparelhos profissionais e domésticos para comercialização.

Como o avião que surgiu como arma, o computador foi um facilitador de informações, para que qualquer um tenha acesso a tais conhecimentos.

Os neurônios (células cerebrais), recebem comandos de estímulos sensoriais(visão/audição), onde formam circuitos para contextualizar palavras, para que o cérebro compreenda tal informação. O computador também se aplica difereciadamente, mas como o cérebro precisa de energia, onde este é orgânica. Os dados informatizados são abertos para qualquer pessoa, mas também acaba com a privacidade onde um click é o intermediador deste sistema.

O ser humano chegou ao seu ápice através de sua capacidade mental, mas não perdamos de vista um fato na história que ficou camuflado. Encontraram um espécie de computador há mais de 10.000 anos sob a terra.
Vocês lembram da estória do Supermam!?
Isso pode ser loucura, mas quando descobrirmos literalmente toda capidade do cérebro, onde o inconsciente é o mistério que estão em chaves intrasponíveis, teremos de ter cuidado, pois pode acontecer o pior, senão superarmos nosso ego ainda enraizado em nós.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Psicologia: Arte e vida

Criação, objetividade e conceito, essas três manifestações em maior extensão, englobam os processos de construções de uma obra e vida. A psicologia nos ensina também nestes três ramos o poder do pensamento, incorporando a estas denominações, que ao meu ver, estabele e desmenbram em atividades criativas de idéias.

Todo pensamento que é também uma forma de criar, cria objetos sensorias dentro da objetividade sentida para trasformar em um conceito, como um caso explícito em uma obra, como em ramificações expressivas.

A vontade que é uma das qualidades da objetividade, porque sem ela não existiria esta denominação de comportamento, nos ensina o interesse em progredir fixando-se no poder de conseguir com acerto. Entretanto antes de tudo, exista a imaginação que é o início essencial à criação propriamente dita. Sem ela a imagem não se formaria, para contextualizar em nosso pensamento.
Como você pode ver, estas três classificações são inseparáveis a um ideal artísitico como também de vida. Podem existir outras expressões mentais, porém estas são determinantes para criar um objeto.


No tratamento na psicologia individual, também se baseia em análise estas classificações, onde a objetividade impera. Denotando-se em uma determinante a força de vontade às trasformações de conceitos, pelo qual o profissional delimita e/ou incentiva dentro do pensamento do paciente a sua própria personalidade interior.

Como exemplo tentarei demonstrar como na maioria das vezes acontece no princípio este processo:
Quando pega-se um lápis e uma folha de papel, você imagina o que fazer dando surgimento ao processo criativo interior, onde o conceito agora com objetividade, pois sem ela você não escolhe e o que fazer, será direcionada ao seu corpo onde as mãos serão o seu veículo. Todo este processo é retilíneo e incluído ao poder da força humana, pelo qual sua raiz de extensão e feita pelo raciocínio, onde toda a sua propriedade é verificada e criada.