Total de visualizações de página

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Chega o ano novo e agora!!!?

Pensamos à cada hora o determinado momento que chega...

Passou-se como a água de um rio, e as vezes olhamos para ele como se não preocupassemos com seu destino, imaginamos apenas.

Fazemos promessas e tentamos e temos entusiasmo de mudanças e cumprí-las, essa é a oportunidade única.

Não se preocupe se você analisou cada detalhe e fez uma pequena reflexão nessas palavras.
Isso mesmo é você aque construiu sua vida,mas não culpe Deus, Diabo ou a política. Pois, como diz um ditado antigo" É você mesmo que deita em sua própria cama".

Pensa em você nesse momento:
O que você quer para si!?
Dentro do fundo de sua alma ou coração se preferir, a resposta estará lá, ti aguardando e pedindo que você tire isso de si e arranque-o e transpareça a sua realidade.

Vivendo minha experiência de vida o mal e o bem é apenas um hábito, e percebi também que é atravez de escolhas que fazemos conosco.


Eu também tenho muitos defeitos e limites, e muitos mesmo e, por isso, estou dizendo isso por que nós aprendemos o bem quando conhecemos o mal.

Aprenda com você mesmo, com sua esperança e seus sentimentos.

E o rio, aquele rio, que antes não foi refletido sua imagem, devido a água turva aparente, agora percebe-se com você mesmo o momento de se conhecer e novidades que levaremos dia a dia...



Desejo felicidade à todos.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

A chuva cai...

A chuva cai, e lamentos de toda parte
Em face desfeita, observava,
O salpicar das estrelas meio ao vento.


Tudo parecia lento
ou talvés.
E eu cortez à janela
sentindo-a à todo momento.

Aqui uma esperança,
Acolá uma desavença.
Mas o céu foi-se abrindo
E um caminho ao infinito olhar,
Fez-me questionar da vitória que vinha.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Reflexões para a eternidade:

Um se fez dois, e dois se fez três e todas as coisas criadas e imaginadas...
Todos nós temos uma existência com variações de cada personalidade, mesmo assim somos todos da mesma substância. Cada um conta seus passos e barreiras e sobressaem vitoriosos para sua feliz estrada que lhe aguarda.

Somos eternos, isso já nos conforta para atravessar quaisquer dificuldades. Existe uma frase muito bonita que diz o seguinte: " Quando eu nasci todos riam e eu chorava, e quando morri todos choravam e eu sorria"


Por mais as coisas estiverem ruins, lembrem-se que não estão só, pois todo o universo, e cada substância dele está em seu corpo e pensamentos, que se levantam aos céus para uma eterna gratidão por esta existência maravilhosa.


FELIZ: CHEGA MAIS UM PRÓXIMO ANO!!!

Obrigado por todos que visitam este blog, e é com grande prazer que digo isso. Foi-se mais um ano de intenso estudos, trabalhos e sugestões existências. Fico feliz por vocês existirem, senão não haveria este blog e também inspirações para eu continuar escrevendo sobre um tema tão belo: as artes.

Desejo à todos uma grande virada e pensem em seu interior, e se perguntem se estão felizes, se a resposta for não, mudem ok?!!!

Um grande abraço também aos meus seguidores e amigos pelos quais conversei e conheci este ano que passa.


FELIZ 2011!!!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O Ser Integral.

Todos os conhecimentos possíveis e verdadeiros de acordo com cada verdade, está estabelecida por situações de cada momento, pelo qual faz do homem infalível, desperto em outras palavras Integral.

Integral por que caminhou para uma estrada que o fez despertar de crenças, medos e desesperanças e todas situações que antes não o deixava canalizar em absoluta intimidade interna. A verdade dita não é verdade real isso nos mostra o tempo todo. A sociedade que é a medida de tudo ainda não compreende este fato, porque sua análises não foram superadas por desprendimento como antes a ciência descobrira a célula pensava-se que descobriram o infinito e todas as coisas. Não estou afirmando que a ciência é precária no desenvolviemto espiritual, pois cada linha aqui expressa atravessou anos para serem reverenciadas e analisadas pelo ser humano através de sua força mental.

Entretanto ela sempre se desenvolveu em bases de acordo com seus investimentos, pelos quais estas tem pensamentos contrários pela maioria ou outra formação de vida.

O homem integral sabe tudo não porque é um ser com super-poderes pelo contrário ele duvida, não uma duvida massante e sem sentido, e sim, das questões existênciais, intrísecas, espirituais.

Caminha como um discípulo, mas age como um mestre e a cada passo e a cada descoberta de si mesmo em seu interior, percebe que no final de tudo não será entre ele e o próximo, e sim ,entre ele e Deus.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Artes: Hemisférios direito e esquerdo.

As substâncias destes dois elementos e formas cerebrais(contextualizações), é que caracteriza a manifestação e/ou canalização dos pensamentos abstratos ou concretos perspectivamente.

Os países Ocidentais para basear a forma destes dois elos de forma de pensar, deram-se muito valor ao hemisfério esquerdo, esse detalhista, mencânico, concreto em sua forma.

A arte em si é vasta, parâmetros de coordenações dos mecanismos psíquicos que vai além destes preceitos estabelecidos, pois vêmos a industrialização que também não deixa de ser arte em sua raiz inspirativa de construção.

Entretanto variáveis destes dois elos fazem sentido como maior percepção do olhar e sentir, denominando assim e caracterizando ao hemisfério direito.

Há estudos vários ditados e analisadas estas questões aqui relatada e ,por isso, peguei emprestado esta teoria como base aos estudos amplificados atravez da interiorização.

Temos que ter idéias novas, para teorias novas e , por isso, desvencilharmos e aprendermos um pouco mais interligando ensinamentos com ampla visão interior(pensamentos), aos sentidos perceptível às formas mentais, dedicados aos movimentos artísticos.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Vamos trabalhar: Diz Carlos Neimeyer

Inventor por excelência e divisor de conceitos igualitários fez ontem cento e três anos (103), de idade, Neimeyer, arquiteto prestigioso conhecido mundialmente pelo seu gênio construtor. Sua linguagem profissional feito por ondas e curvas denuncia claramente a natureza tropical do Brasil.

Sempre preocupou-se em ensinar , e até hoje ensina. Sua obra quase inegualável a outras de sua gerações posteriores ensinou ao mundo o poder da mente em disciplina e a inovação arquitetônica. Durante anos projetou Brasília e vários pontos do Brasil, sempre ensinando e dando exemplos de humanidade e jovialidade.

Nunca se impôs através de suas palavras, mas estimula aos respectivos ouvintes atentos, como um sinal de uma fábrica para que os trabalhadores retornem ao serviço logrado. Carismático e contido em seus atos, nos mostra o seu caracter integro e honesto. Não acumulou riquezas e sim as sentimentais e intelectuais, e por isso, é o que é. Consciente e desprendido, vislumbramos aos nossos olhos a sua desenvoltura desigual e constante, onde seus ideais fixam e dão sombras ao nascer e descer do sol.


Deixo aqui no blog uma homenagem que para mim, e para muitos acredito, que Carlos Neimeyer foi uns dos maiores construtores de todos os séculos, não somente pela sua genialidade, e sim, pela pessoa que lhe faz pensar.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Olhos... Posso vêr!?


Essa ilustração foi baseada nas obras de Pablo Picasso...

Comecei a delimitar os olhos, iria fazer um palhaço anteriormente, e logo em seguida veio-me a pretenção exposta acima. Essa obra eu fiz já algum tempo, mas ela tem uma idéia e subjetividade muito melhor ainda. Portanto está as"vistas"de todos.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Artes: Mãos & Artesanato.

Toda ação gera um objetivo, aqui expressada o "objeto" feito pelas mãos. Ferramenta corporal nos mostra aliada a sua motricidade reais (pensamentos), o que será deslumbrado por terceiros e pelo próprio construtor.

Desde ao tempo primórdio da civilização, o homem consciente de seu poder quis atravez de sua vontade construir. Tudo era vago e pela inspiração da natureza começou-lhe a despontar o desejo latente.

Hoje os homens estão avaliando todo este processo e inventando objetos já construídos industrialmente, em formas rústicas. Denunciando assim e realizando invenção natural das situações impostas pelo mercado, criando uma das vertentes das artes: O artesanato.

Toda as manifestações são belas, bastando ao crivo do conhecimento do que quer se expressar e a intensão do que quer estabelecer na sua natureza íntima.

O estudo e a observação clareia os pensamentos e o intermediador é expressado pela construção propriamente, seje teórico(idéias), ou prático(objetos), do mesmo. O que o homem contruiu foi pensado em mover obstáculos, inspirando conforto aliando ao belo observante.

Desde à época da induistrialização, movimentos em maior número, ajuntavam-se para não proporciar tal ação do mercado competitivo, baseando nesse estudo às próprias máquinas e/ou fabricas. Portanto já naquela e antes já faziam-se objetos baseando-se aos movimentos naturais.

Como se vê o homem se desenvolveu, pois como a natureza transforma-se dia ápos dia...

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Espiritualidade: Arte III

Os condutores de artes em geral praticam sem saberem ou conscientemente o seu propósito espiritual, por que tudo que fazemos em processos íntimos, e a arte é baseada e expressada dessa maneira, são plasmados e agem como consequências.

O belo e a magnificência desdobrada pela ação de trabalhos artísticos seja de que denominação tiver é nobre e inspirativa aos demais observadores.

Este tema é abrangente e infinito como a própria vida artística pelo qual ficam para história como lema e estudos atualizados.Quando o intelecto é desenvolvido vêm transformações idealísticos, concorrendo em seguida aos sentimentos transformadores e construtivos.

Minha maneira de ver as artes, é ampla, pois acredito como disse em alguns textos (Designarts), que os artistas são construtores de idéias e todo pensamento criativo é denominado pelo seu conteúdo como arte.

Um arquiteto, médico e/ou artista plástico, são construtores e por isso artistas, dando ênfase aos processos interligados pela construção e transformação íntima.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Uma gota no oceano....

Gosto muito de desenvolvimento manual e começei há uma semana atrás a fazer vasos, caixas, animais, etc..., com papel de jornal.
Não vou dizer muito à respeito nesse momento, mas têm um pontinho de arte nas obras. Fico horas e horas nesse interim criativo e inspirador. Estou também desenvolvendo uma técnica antiga de cortes de papel de jornal, até a mesma se formar algum objeto e/ou imagem real, no meu caso animais, principalmente pássaros.

Logo colocarei alguma imagem a respeito dito como referência, para você observar e colocar como inspiração pessoal, pois além de estudos teóricos, aqui também é prática cultural.

Abraços à todos aos visitantes. Ah!! Se quizer estudar sobre os processos e desenvolvimentos em artes em geral, estude desde o princípio denominado em seu título aqui: DESIGNARTS...

Obrigado,

Marcos.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

DESIGNARTS.

Como sabemos a interpretação artística é pessoal, baseando-se mesmo na imitação ou processos transformativos da mesma arte. Como tudo transforma a arte também se desenvolve por períodos eu digo uterinos álias, pois é uma intervenção de parto, quando no fundo de todas as coisas vistas ou não vistas se tornam em objetivo e objetos. Este tema arte é muito vasto e contêm várias vertentes para penetrar em todo o seu bojo de entendimento e realidade, pois também ela é infinita em toda sua aŕea de criação.

Designarts uma palavra tão simples apresentável como em língua Americana, nos induz a pensar na sua raiz de extensão gramatical, que é, projeto de arte em processo de criação.

Um dia estava conversando com um conhecido e ele me disse que design não é arte, lhe expliquei a minha idéia e imediatamente descobriu e abriu sua mente neste conteúdo aqui expresso. Não há como desvencilhar ou separar uma coisa da outra coisa, pois ambas são da mesma intenção.

Única e exclusivamente diferença não de sua criação e processo, e sim, para onde vai esta idéia de implicação artísitica é o seguinte: O design em geral , gráfico,web, arquitetônico, é criado por um próprosito empresarial e artes, plásticas, artesanais, desenho, para galeria e paredes de pessoas com recursos ou não. Então a idéia que passo, é a sua intensão de compreensão artística e não o seu processo de distribuição.

domingo, 28 de novembro de 2010

Desenho digital.

Este desenho figurativo eu pretendia mandar para uma revista, mas logo desisti. As coisas desta nova imagem de design está de mal a pior. Sem desmerecer outros pelo qual tem muito talentos, mas fica aquela questão com meus botões: Até onde isso irá ficar...

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O começo na fotografia.

Sempre tive vontade de ser Fotógrafo, e esta inspiração mais dia, menos dia, se tornará realidade.
Tenho uma máquina analógica simples mas, pretendo comprar uma profissional.

Gosto muito de imagens seja artística, estética, surreal e abstrato, artesanal etc,.. etc,..

Quando olho ao redor, vejo nuanças de cores e interpretações pessoais muito grande e sinto de quando em vez em meu íntimo cada uma delas.

Estou estudando fotografia a algum tempo, e é fascinante, para quem gosta de imagens e tem uma máquina por simples que seja, já é o bastante.

A imagem P&B e sépia é o que mais me inspira. Talvés devido mexer e sentir muitas cores. Chega um momento em que querermos transpor barreiras de percepções artísticas e visualizar o oculto por entre sinais interpretativos reais.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Espiritualidade: Arte II

A Consciência é algo subitamente sugestionada pelo espírito(alma), e quando aliada a arte manifesta-se a intercalação divina pois, a criação(arte), é trabalho dos mais nobre possível. Generalizando todas as suas raízes substantivadas(imaginação) e concretas (objeto), entre o ser humano em geral, a arte, é o pontífice de interatividade psíquica ao desenvolvimento mental e manual propriamente como resultado.

A espiritualidade nas artes supoem-se o desenvolvimento oculto e sábio deliberado para ser realizada, os sentidos próprios crescendo com as explicações plausíveis e reais.

Criação derivação da arte é nada menos um intercâmbio entre você e você mesmo na sua construação imaginatória ou inspirativa e em muitas situações transformam-se através de uma melancolia ou alegria em questão.

Arte sem espiritualidade ou essência espiritual, não progrede e desenvolve o ser humano, apenas faceta da mesma. Por isso estuda seu interior para penetrar à fundo nestas interpretações nesta belíssima ferramenta da vida.

domingo, 21 de novembro de 2010

Arte Oculta.

O significado já nos dá ampla perspectiva sobre este conceito, ela começou a despontar quando o ser humano começou a despertar para o mundo imaginatório e abstrato da realidade em sua volta.

Vários filósofos praticavam ou estudavam este conceito e/ou idéia, como maior exemplo Leonardo Da Vinci, este com uma extraordinária percepção, descobriu através desta metáfora artística, um cabedal de conmhecimentos, muito superior aos demais, onde alguns de seus textos são deconhecidos ainda.

A arte oculta podemos verificá-la quando o artista consegue transpor a vida natural e de essência Horizontal e descobrir a arte Vertical de essência divina.

Todos os ramos da saber, foi conceituado e invertido pelo pensamento e a arte oculta também, processos estes de vários estudos e análises de interiorizações como representando Deus como referência nesta análise.

O artista consegue ver o que não é visto pela grande parte da massa humana. Indo para este conceito cito uma frase conhecida da maçônaria " O olho que tudo Vê".

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

EGO X EU SUPERIOR

Estes dois caminhos da estrada, uma ilusória e outra desperta seguem os seres em toda sua vida. O ego palavra desgastada para simplificar atributos do ser humano, contêm todos os defeitos e qualidades simuladas por interesses e outros sentimentos. É o grande mal da humanidade engrandecido pelos prazeres. O Eu Superior e todos nós procuramos este caminho conscientes ou inconscientemente, é a meta e o objetivo do ser divino que existem em nós.

Todos inclusive os ilusionistas da realidade, sentem necessidade de atravessar este processo. Despertar de um longo sono astral e mental pelo qual nós tentamos separar dia dia. Quando compreendermos à fundo o paradigma fechado por muros de realidades opostas, descobriremos o sentido da vida.

Alguns compreendem pontos ou sentidos do Eu Superior e outros não, vivemos em um mundo onde o mesmo não nos deixa descobrir realmente a realidade interior, isto devido ao Ego sempre atrapalhando os reais resultados da sabedoria.

Deus é "experiência" e não somente crenças, e o ego sempre tentando nos enganar. Ainda estamos engatinhando nestes aspecto revelado mas, um percurso conhecido um saber descoberto.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Hipnose alheia.

O controle total da hipnose é o medo (D+E+M+O)interno ou imaginativo. Quando estamos subjugados por uma pessoa ou situação eletromagnéticamente é por que você deu abertura as percepções indutivas. Existe um controle maior, mas esse pensamento ou sugestão deverá ser pessoal, porém dou um caminho a meditação, porque o tema é complexo e pode ser praticado na sua verificação através da interiorização astral ou psicofísica.

O controle de não ser atingido pelo controle mental é a DÚVIDA, tendo seu real equilíbrio consciencional perceptivo. Muitos não sabem que estão sendo sugestionados, pela falta de atenção, reflexão do que foi dito e relatividade do mesmo. Entrando numa faixa astral, enquanto mais aberto é, por incrível possa parecer é o próprio influenciado que sente e pensa tal controle.

Lembrem-se do filme Matrix!?
Ele é muito subjetivo e de realidades camufladas a percepção a primeiro momento. O controle mental referenciado no filme é digital/máquina mas, na verdade é o contrário orgânica-sensorial-psíquica. O primeiro todos nós seres somos feitos pelo e efeito da natureza, sensorial; porque o canal é muito sútil e psiquica, porque é o cérebro é que codifica tal controle, reagindo e estimulando os dois primeiros.

Bom! guardei este texto até este momento depois que disse alguns textos anteriores para reflexão.
Como você percebeu eu coloco as cartas à mesa, e não tenho pretensão alguma de controlar ninguém, apenas dizer fatos para o despertamento pessoal.

sábado, 11 de setembro de 2010

Cure as feridas de sua alma.

Desilusões, tristezas, decepções tem algum motivo, mesmo sendo sentimentos em desconexos com a realidade da vida que é a paz. Você já se perguntou, porque você senti essas manifestações?

Se você for fundo irá descobrir que você mesmo está de mal consigo, mesmo tendo oportunidades e o mundo lhe desejando o melhor de todas as maneiras.
Todos nós temos problemas, de várias maneiras e sentidos, mas cure as feridas de sua alma o quanto antes. O mistério que estou apredendo é: Não querer ser sempre compreendido e sim compreender as situações e pessoas em todos os aspectos. Quando fizer este hábito compreenderá tudo como um estalo. Nós seres humanos esquecemos de tudo menos de nosso ego robusto e imperfeito, por isso os Budistas em uns de seus ensinamentos explica para esvaziar o nosso ego. Quando não estamos bem conosco pensamos excessivamente em nós, este é um processo belíssimo, enquanto nossa extensão mental se direciona para outras pessoas e antigos sentimentos que serão espelhados em nós, percebendo assim dificuldade próxima tendo compaixão.

Nunca saberemos todos os porquês da vida, mas quando olhamos para o lado, mesmo que seje difícil nestes momentos verá que seus sofrimentos não são tão difíceis assim.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Desenho como demostração.

Este desenho se caracteriza ao post anterior como demonstração artístico. Estas linhas são suaves sem muito firmação com o lápis em questão para treino. Para fazer luz e sombra (jogo de luz),primeiro verifica para onde você quer demonstrá-lo, por exemplo o lado direito ou esquerdo isso fica a sua escolha.. Um pequeno sombreamento já existe neste desenho olhando pelos lábios da mulher denunciando luz para o lado esquerdo, onde a sombra se desenvolve com mais intensidade pelo lado direito. Isso teria em questão fazê-la em todas a parte do rosto para maior qualidade e expressão, olhos, rosto propriamente e em todas as linhas que fazem o contorno. Este não é um desenho realístico apenas uma derivação do mesmo.

sábado, 28 de agosto de 2010

Como criar: Arte

Todos nós de natureza criativa, temos meios de praticar tal empreendimento. Como base temos o desenho artístico ou técnico. O primeiro desdobra-se em processo inspirante e o segundo aliada à esta através de estudo e prática, da-se em muitas ocasião o nome de design (projeto). Para fazer uma peça de madeira, se o construtor tiver conhecimentos técnicos terá mais prestigio em sua obra, mas se já esboça um desenho artítico, consiguirá perfeitamente ter uma idéia do que será feito. Um exemplo que não canso de dizer é desenhar como roby, sem pretensões no momento em voga, desenvolvendo a sua qualidade imaginativa, pois a prática se cultivará aos mecanismos especialmente diversificados.

Para esboçar algo no papel deverá ter no mínimo prática e dedicação pelo qual vêm com persistência de querer, não há outra maneira ao seu desenvolvimento. Primeiro tenha-se em mãos o papel e o lápis(grafite), imagine algo de seu interesse, pois no início isso é importante, pois nosso cérebro grava as configurações a serem recebidas pela imaginação. Com técnicas próprias como não apertar o lápis e suavisar as linhas a serem trasfiguradas, começe pelo esboço. Rabisque a vontade sempre procurando se divertir pelo feito, e digo nunca pense que será um grande desenhista no futuro ou algo parecido, porque isso poderá afetá-lo no empreendimento pelo qual está dedicando. Depois de ter feito os contornos, começe a grafar nas próprias linhas escolhidas por você o desenho propriamente dito. Depois de traçar o desenho faça os respectivos detalhes finais, luz e sombra (isso explicarei adiante em outro tópico), dará outro aspecto ao desenho.

Então não é muito difícil é? Simplismente desenvolva esta pratica dia a dia, e você verá a sua arte sendo construída por você.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

DESIGNARTS.

O início da transformação artística pessoal acontece ou de imprevisto( talento/naturalidade) ou por imposição(interesse/trabalho). Quando entre estas duas possibilidades dadas estão juntas, pode-se aglutinar em maestria e beleza, como muitas obras que vêmos por aí em todos os lugares. Como a teoria não é fixada em apenas métodos e estudos, a prática é o intercâmbio entre as duas. Design&arts é uma espécie de base para informatização não apenas de dados teóricos e sim, de dados especificados em composição ao todo. Convenhamos que sem entender o conteúdo de instrução ideológica, não será tão proveitoso ao aluno ou profissional em qualquer área de atuação. Como disse, arte é "criar" conceitos e/ou linguagens metafóricas ou concreta ao profundo desevolvimento mental e espiritual. É o desaguar na profundeza do insconsciente e retirar fragalhos do momento que sentiu no momento, consequentemente vêm estas inspirações em formas sentimentais de tristeza ou amorosa.

O artísta deverá percorrer caminhos, estudar, observar e criar sua própria lingua de expressão ou comunicação, tendo como base o desenvolvimento humano. Reflita para saber qual é a sua maneira e como se impor no mercado, sempre preocupando em agir de acordo com seus ideais. Haverá tristezas, desilusões, mas todo caminho existe paciência e persistência.

Procure ler, estudar, pessoas e obras e tirar delas a sua própria criatividade, pois todos nós somos criativos. Não pense em fazer arte para artístas e sim, arte pela arte.

domingo, 22 de agosto de 2010

CONTROLE

Única e exclusivamente há um controle incrível para não percebemos o óbvio globalMENTE. Você já ouviu ou leu sobre aqui ser uma ilusão, mas na verdade você é o criador desta ilusão com um contexto ainda maior. Você já se perguntou porque usamos 5% à 6% de nossa capacidade mental?
Tudo funciona na sua mente e ela comanda todo o conteúdo que você constroe ou vai construir.

Imagine: Você em uma praia belíssima, o sol toca sua pele e você decide entrar no mar, pois sentiu um pouco de calor, depois de alguns segundos volta se enxuga em uma toalha e toma um suco tropical...

Quando eu disse esta palavras, você tentou encaixar sua vida nestes preâmbulos e situações não foi??? Isto é o que o mundo faz a você o tempo todo. Te dá aplicativos ou situações e não te da instruções e se preocupa se você gosta ou não. Talvés neste exemplo você teve medo ou não. Mas o importante que quero te mostrar é que você construi este mundo imaginário e viveu em sua mente. Eu não posso dar nomes aos bois para te dizer quem controla sua mente. Você deve pesquizar por si próprio não porque eu não possa dizer totalmente, porém todo o percurso deste inigma é pessoal. Como disse Sócrates " conhece-te a ti mesmo".

domingo, 15 de agosto de 2010

A palavra que cala!!!

Já fomos várias vezes interrogados pelo que fazemos em nossas vidas. Existem a família, religião, cultura, educação e vários outros caracteres pelos quais desistimos de nossos sonhos. Esta é a palavra que se cala, mas este não é o fim, pois no fundo de nós mesmos temos contentamento com nossos propósitos de vida. Esperamos com esperanças, surgem as dificuldades, sofrimentos e logo vêm a luz no fim do túnel e grandiosamente agarramos e a felicidade surge novamente. Penso que você que está lendo já passou por isso várias vezes. Toda palavra fixada em nossas mentes transformam situações, supera limites e quebram barreiras. Não deixe seus sonhos sair de sua alma, não fique indiferente, pois é isso que te deixa vivo neste exato momento. As vezes pensamos que não vamos conseguir, mas a vitória está escrita dentro de você, e se pessoas desacreditarem é porque você está no caminho certo. Eu sei você ainda não acredita!!! Veja esta história contada em uma mensagem:

Um aluno escolar acordou em plena sala de aula e viu dois problemas no quadro, pensou em ser tarefa de casa e os copiou. Passou o final de semana estudando e passou madrugada inteira tentando resolve-los. Conseguiu resolver um, pois precisava de nota na matéria. Quando chegou e entregou o problema resolvido para o professor este quase caiu de costas, pois tinha feito uns dos dois problemas considerados insolúveis pela matemática. O jovem não sabia que era impossível e foi lá e fez.

As barreiras somos nós mesmos que construímos, não duvide de si, e entre em seu interior lá está a voz que lhe impulsiona.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Informação Divina.

Criado para ser feliz, Leonardo como se chamava sempre pensou em ser escritor. Lia os autores endeuzando-os em cada página escrita. Ainda criança pensou em trilhar este caminho. Foi estudando,lendo muito, descobrindo e tendo intelectualidade expetacular. Formou-se na faculdade em dois cursos e se desenvolvia em cada frase, pensamento, contos e estórias. Por muito tempo pensava em escrever um livro jamais escrito e pesquizou várias áreas de conhecimentos e durante este processo que passava, começou a ficar prepotente, já não lia livros de nenhum autor como base, achando-se sem sentido ou conteúdo reais.
Se isolou e escreveu um livro durante quatro anos. Achava este projeto o mais importante da história e em uma de suas divulgações, veio um rapaz e disse olhando em seus olhos: Dr. leonardo esta sua obra é belíssima, parece muito com escritor conhecido, eu não lembro o nome dele! Sem que terminasse respondeu: Muito obrigado e assinou o livro em seguida devolveu a sua obra em suas mãos. Achou que seu livro seria imprevisível e mais completo de que outros romances que tinha lido em toda sua vida, mas aquele rapaz dizia o contrário, tentou achar respostas naquelas palavras e todo o seu desevolvimento cultural, foi se tranformando e criando raízes de desgosto e incompreensão em sua pessoa.
Numa noite no mesmo dia dos autógrafos, teve um sonho e uma pessoa caracterizada como anjo lhe disse: que naquele momento em diante deveria avisar as pessoas através de seus conhecimentos acumulados e incentivar esperanças e virtudes que já possuía em seu ser. Depois deste dia Leonardo chorou e se transformou sua personalidade criando situações a favor da humanidade através da escrita e esta foi sua estrada até o fim.

Esta é uma estória fictícia com significado grandioso, se todos nós concordassemos e deixasse de lado vaidades e egoímos, o mundo seria diferente mesmo que sejam poucos, cada centelha abrem caminhos para um viajante a percorrer a estrada. E o melhor de tudo é quando descobrimos isso em nossa vida e todo nosso ideal, que não são só palavras de sentido, mas conhecimento que induz a sentir.

sábado, 7 de agosto de 2010

Esqueceram de mim 1. Hum!!!

Você se lembra o que você fez ontem? Não você diria, ou talvés sim. Muitos seres humanos estão tão preocupados com o porvir que estão esquecendo deles mesmos. Há um mistério envolvido nisso, mas só posso lhe dizer isso, pois esqueci do resto, brincadeira!!!
Pesquize sobre controle mental e espiritual e você irá entender este processo. Igual no filme Matrix, onde Cyper disse em uma de suas frases: A ignorância é uma benção. Estamos perdendo tempo em bobagens e esquecendo de muitas coisas, onde neste exato momento que você está lendo é crucial à humanidade inteira. Se eu posso dizer a verdade já sabemos tudo de tudo, mas ainda pensamos em viver em nossos mundos e esqueçendo da natureza ao nossso redor. Lembramos na festa da noite que virá e nas férias que irão acontecer. Estamos nos matando com cigarros e bebidas e cada vez mais esquecendo do que somos em essência. A razão é o que importa, mas esse é exatamente o mistério que envolve tudo. Talvés você está pensando. Isso é bobagem!! mas a sutileza deste texto é uma extensão sua e cheio de significados simbólicos para que você entenda uma única palavra: Desperte!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Intertextualidade e as artes.

Como uma junção entre as duas, é muito bem verificado pelos textos que os interpretam, poetistas, contistas, fotógrafos, artistas plásticos. Artistas estes que criam raízes classificadas para atingir o alvo: a comunicação escrita. Um livro por exemplo, pode conter ilustrações, fotos, de acordo com o propósito e/ou intrerpetação textual.

Nós também podemos pensar que as artes em si próprias faz-nos pensar em forma e pensamentos através de palavras concretas. Para criar tal veracidade criamos símbolos ou palavras para que nós mesmos intrepretamos pela construção mental. Uma característica que percebo, entre estas áreas citadas que tudo são consequências da criatividade, apredizagem, estudo e movimento. A primeira é como se fosse o manobrista do carro, a segunda os estudos das placas, sinais e etc... e o estudo e o movimento vêm em ordens simultâneas.


Todos os processos da vida, são como uma teia como disse um escritor Americano Fritjof Capra, pois mecanismos intermeiam em situações quase em uma rede sobre nosso costumes e pensamentos, tudo e retilíneo e constante.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

A PROMESSA CUMPRIDA

Eu vejo os olhos de meu velho
Ah! Há quanto tempo eu não o sinto mais
Foram anos de amor e companhia
Mas minha sina foi perdida entre as cinzas.

Têm dias tristes e também felizes
Mas queria um destes em vários dias

Pensativo e alegre caminhava sobre a sala
E eu suspirava em cada andar, acreditava.

Era um sonho, mas meu velho se foi não voltaria!
Porém a promessa de amor eterno foi cumprida.

sábado, 31 de julho de 2010

DESIGNARTS.

Na natureza humana o seu propósito inerente é a construção, através de sua percepção de conforto que lhe envolve, onde o mesmo determina situações que o levam a "arte". Tudo começa com a curiosidade, depois o pensamento do que vai fazer, e logo em seguida sua própria construção de objetos e/ou idéias. Na maioria das vezes um simples objeto como a faca, pode se tornar bem usada pelo chef de cozinha, como a morte na mão do assassino. Essas variações de atitudes é que forma ou desforma um ideal útil ao pensamento criado. Tudo que fazemos devemos ter esta percepção de ideologia e ética para que possamos colocar nossa cabeça no travesseiro e dormir, pois somos Juízes e réus e a setença depende de nosso modo de vida. Indo neste raciocínio de escolhas, o intermediador, deverá ter em mente e informações para sua praticidade artística para não se perder por situações que antes não percebera de imediato. Toda escolha há sua consequência, como em qualquer área ou atitude para o seu desenvolvimento. Designarts desenvolvido através de estudos, engloba todas as determinações aqui citadas desde o começo, quando me despontou esta idéia de socialização artística.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

História do Alpinista.

Tinha um homem que queria sempre e mais e mais encontrar desafios. Depois de muito tempo queria escalar o Alconquagua, mas não quiz nenhum companheiro, cujo a ajuda seria muito para sua companhia numa escalada de tal nível de dificuldade. Ele começou a subir...
Como ele não tinha se preparado para acampar preferiu seguir até chegar ao topo. A noite caiu e não era impossível enxergar um palmo à frente do nariz, tudo era escuridão, não se via absolutamente nada. A lua estava escondida e as estrelas estavam cobertas pelas as nuvens. A quase 100 metros do topo o alpinista escorregou e caiu, caindo uma velocidade vertiginosa só conseguia perceber a força da gravidade, e ele continuava caindo, e nesse momentos passavam todos os momentos tristes e alegres que passou durante sua vida. Derrepente ele sentiu um puxão forte que quase o partiu pela metade. Como todo alpinsta ele tinha feito o caminho feita por marcas em todo o monte, onde uma corda comprida fixava em sua cintura. Suspenso no ar... ele não tinha nada mais a fazer a não ser gritar. E ele rogou à Deus:
O meu Deus ajudam-me!!!
Uma voz forte e grave vindo do seu respondeu:
O que você quer de mim meu filho!?
E ele respondeu: salve meu Deus por favor!!!
Você acredita que eu possa salvá-lo???
Sim meu Deus tenho certeza!
E Ele ordenou: Corte a corda que eu te mantenho pendurado.
O alpinsita refletiu durante um tempo e segurou ainda mais a corda pensando se a soltasse morreria.

O alpinista no dia seguinte foi achado pendurado, congelado, morto a tão somente a dois metros do chão. Muitas vezes isso acontesse conosco, não damos ouvidos a consciência e agarramos a uma idéia pelo qual deveríamos mudar, mas não mudamos.
Esta é uma mensagem para reflexão, não existe meia fé ou acreditamos em Deus ou não.

terça-feira, 27 de julho de 2010

O que mais eu diria...

Muitos de nós pensamos que nosso problema é maior do que de outras. Todas manifestações do ser humano é basseado neste dilema: O que mais... Como que Deus falando conosco dizendo para superarmos mais, aguentar mais um pouquinho, falta pouco; ele diz. Não damos ouvidos e criamos situações difíceis, por pura burrice e ingenuidade da vida. Jesus que era filho de Deus sofreu muito até sua morte, e nós achamos que sofremos!? Eu estou passando por uma fase difícil, mas todos nós criamos a nossa própria experiência isso eu aprendi durante minha vida. O mais importante é não desistir, por isso crie experiências boas para colhe-las amanhã. O homem é aquilo que pensa a seu respeito, tudo está aí na sua mente, esta voz que lhe clama que voz? Está mesmo que está dentro de você, está aí mesmo no seu pensamento. Somos criadores de situações e Deus está do nosso lado sempre, não pense que não está, pois ele está aí do seu lado ou talvés te carregando em seus braços!!!. Pense, reflita e age!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

IDEOLOGIAS: Ismos e Crenças.

Todos nós temos nossos próprios conceitos, idéias e estudos simplificando: ideologias. Arte é uma delas no meu sentido de expressão é a construção. Mas vêmos extensões das ideologias. Vou citar algumas: Cristianismo, Budismo, Confucionismo, Hinduímo, como crenças; em Política, Ets, Deus, Diabo e várias e infinitas idéias. Temos idéias pelo qual é formulado por uma insistência de ideologias(estudo/prática), que carregamos conosco. Qualquer que seja o pensamento sempre haverá idéias e/ou ideais, mesmo se for a descrenças ou no nada.
A verdade que carregamos dentro de nós é a verdade absoluta, como os estudos da neurolinguistica que diz: Se achamos que estamos certos ou errados estamos certos. Queria chegar neste ponto para te fazer uma pergunta|: Até onde nossa sabedoria é expressada sobre idéias ou conceitos, pelo qual escolhemos o caminho traçado em nós?
A pergunta já têm a resposta: A escolha. Sempre quando debatemos ou superamos situações do nosso pensar existem dois caminhos incomparavelmente delimitados por uma tênue linha.
Aí você pergunta:
Mas como saberei se a escolha está correta ou incorreta, cria-se então a dúvida aí voltamos exatamente nas explicações anteriores, mas fica um recado dentro de nós que se sempre nos envolve: o sentimento do amor...E todas as crenças, conceitos e ideologias são extraídas de um conceito maior um ideal, que é maior que a própria ideologia.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

O VERBO!!!

Estas duas palavrinhas verbais "ser" e "estar" dão um significado real ao que vivemos em toda a nossa existência. Nós vivemos nesta segunda palavra em toda nossa vida. Vamos raciocinar:
Eu sou assim assado, tenho isso ou aquilo, gosto disso e daquilo.Todos nós sentimos dessa maneira no ocidente. Você já se perguntou o que você é??? Esse é um caminho que todos procuramos à felicidade. Quando você ir fundo nesta interrogação você verá o oasis ao seu redor, e não é somente palavras e sim "sentido".

Está escrito nas escrituras " E o verbo se fez carne" você já leu na bíblia ou já ouviu falar!!!. Isso mesmo investigue neste mesmo sentido e você verá o que disse até agora. Na realidade toda vida é escondida para aqueles que não a procuram, investigue fundo mesmo deixa de lado todo a realidade a sua volta e sinta que é o mais importante, quando você chegar lá você vai dizer: É isso que sempre procurava e eu não percebia!!!

E a resposta eu não vou dizer, você somente você, saberá o que está escrito em seu ser. Porque estou dizendo isso no blog!? Para que você caminhe sabedor da sabedoria que envolve o mundo aos seus olhos incrivelmente escondido para todos. E deixo também um recado: Muitos irão dizer o contrário ou maluco, mas perceba, todos os "seres" que deram vida a vida sabia deste todo processo e também, Todos aqueles que venceram não material e sim sentimentalmente conquistaram. Como Jesus, buda, Newton, Albert.,

Uma descoberta eu deixo no ar: Você e somente você, está em tudo e o nada ao mesmo tempo. Quando você ver uma flor todo o tempo pára e você e a flor são a mesma coisa, única. Perceba isso, mas só a caminhada interna pessoal é que importa.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Arte na Metafísica.

A metafísica resumidamente é uma ciência que estuda processos além do que é palpável, coisas inexplicavéis e/ou paranormais.

Entretendo neste vasto campo, pode-se afirmar que também a arte possui uma parte neuro-sensorial, porque quando o artísta formula um pensamento afim do que vai surgir capta no astral metafísico a sua manifestação abstrata. O pensamento e também pessoas fazem parte de uma holografia explicada por esta ciência, onde é intensa neste mundo tridimensional, onde os intermediadores escolhe o que quer desenvolver no seu processo de pensar.
Já se foi verificado que arte "construção" é sentida em todas as suas qualidades de manaifestações. São sensoriais porque; o observador, observa o observado, dando assim um material palpável formulando situações concretas ao ato do manifestante.

Como processo criativo e curativo de mentes, ela a arte, é uma qualidade inerente ao ser humano, pois todos nós somos artistas, devido ao processo de pensar que aprendemos desde de bebê, porque também todo o mecanismo de pensar denota qualidades sensoriais dito anteriormente, surgindo assim a bela imagem desenvolvida.

sábado, 10 de julho de 2010

Pensamentos positivos aliado as artes.

Os pensamentos são extensões de sistemas neurointerativas onde é formulado palavras, negativas ou positivas de acordo com o preparo íntimo. A arte incluínda neste sistema de quesito motor ou prático aliado ao pensamento positivo(vontade de conseguir), transformam não só os seres como também ensina a ensinar, doando de si qualidades sugestionadas e direcionadoras de vida.

Quando o artísta em qualquer área se interessa em ajudar, levanta corpos e espíritos e deslumbra-se no seu fanal de luz á sua volta, e uma pequena chama íntima se desenvolve pelo pensamento criativo, doando-se ao seu redor.

Como a artes marciais dos Samurais e Judocas, pelo qual significado consequentemente se baseia em; "servir" e "caminho suave". As artes plásticas ou manuais em geral também cativa e induz ao processo de pensar nestes mesmos preceitos de vontade, libertadoras e objetivas no desenvovimento humano.

O pensamento positivo se conecta nesta realidade em voga, e aos poucos se misturam, em uma mensagem de paz, solidariedade e conhecimento de vida plena. Todas as realizações positivas abram campos e/ou espaços de intermediadores de sentimentos nobres, porque estabelece conexões próprias com pensamentos e sintonias idênticas. Esta força realizadora de vontade, interferem e aos poucos remodelam-se o ser para que ele se desenvolva artísticas, para que passe aos outros estes mesmos conhecimentos, baseando é claro, em sua linguagem artística.

Cotidiano: Arte e Vida.

Nossos dias são plenamente estabalizados nestes dois parâmetros. Vida e arte. Uma se deriva e a outra se transforma em cores para que vêmos imagens ao nosso redor.
Quando vamos trabalhar escolhemos uma roupa adequada colorida ou disccreta, para que possamos mostrar nossas qualidades enquanto pessoa, mostrando suavidade ou extravagância em nossa maneira de sentir e também a maneira de andar e circular sobre nossos caminhos convicentes e obrigatórios para bater o ponto vamos dizer assim...
Pegamos metrô, ônibus ou carros para que possamos movimentar até o rumo desejado. Olhamos neste intervalo de tempo, pessoas, grafite sobre o muro, sinalizações etc. etc.
A arte por excelência é tudo que é derivado de "criação", como gosto de dizer nos meus textos. As Elites têm a sua maneira de observar e nós também, conceitos analisados por todos indistinamente, seja de credo, religião ou cor.

A maneira de gesticular também imprimem a nossa cultura, intelectualidade e por que não a arte expressa em palavras e/ou gírias. Conceitos, formulações de vida seguem propriamente em nossas memórias pretéritas ou remotas. Reflexos e/ou intercalações de manifestações por onde andamos em nosso cotidiano em forma de arte viva.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

ESPIRITUALIDADE nas ARTES.

Venerada pelo mundo às artes plásticas direcionada ao da pintura, formulou conceitos na história catalogadas pelos séculos. Considerada como uma obra divina na antiguidade, delimitou todos os fatos que ela própria se ergueu e se intitulou.

A pintura e também escultura juntas, fizeram de si mesmas pelos próprios construtores, um norte pelo qual visualisamos o passado percorridos eras e mais eras, que não deixa de ter em complemento sua força geral e expressiva. Anteriormente os Egípcios e agora os designers, aquilataram preciosos alicerces. Não era de se esperar, pois toda à vida humana não surgiu ao acaso, foram construções ao logo de milênios.

A Espiritualidade nas artes eu considero na minha percepção "construir" que para mim é a mesma coisa que arte. Como o movimento dos astros e a grandeza do Universo, criado por uma força maior, também nossa vontade cria com sabedoria. Aqui expresso em geral que neste interim todas as manifestações são artes, como por exemplo:
Uma mãe que cria seu filho e de sua criação se torna um cidadão de bem, em um escritor que desvenda mistérios e o divulga ao mundo para libertar povos, um lixeiro que leva o lixo a um determinado local deixando o caminho e as ruas limpas. Como podem ver arte não é somente pintura, escultura e design é muito mais amplo, é como o próprio viver em cada uma de nossas escolhas.

domingo, 4 de julho de 2010

Conceitos para análises: História

DIGITAL: Dados informatizados e/ou eletrônicos, onde se visualisa o mesmo;
DADOS: Informações e/ou conhecimentos informatizados;
CÉREBRO: Orgão capacitor que processa os pensamentos (concreto/abstrato).

O mundo digital em formação de dados em bidimensionalidade, intercalam e se desevolvem com milhares de informações, assim como o cérebro, onde sua raiz e toda potência se encontra no inconsciente. O computador começou a surgir na época da segunda guerra mundial, onde os países inimigos investigavam estratégias e/ou informações através de um aparelho parecido com os pcs antigos. Depois de vários estudos tecnológicos, começou a surgir aparelhos profissionais e domésticos para comercialização.

Como o avião que surgiu como arma, o computador foi um facilitador de informações, para que qualquer um tenha acesso a tais conhecimentos.

Os neurônios (células cerebrais), recebem comandos de estímulos sensoriais(visão/audição), onde formam circuitos para contextualizar palavras, para que o cérebro compreenda tal informação. O computador também se aplica difereciadamente, mas como o cérebro precisa de energia, onde este é orgânica. Os dados informatizados são abertos para qualquer pessoa, mas também acaba com a privacidade onde um click é o intermediador deste sistema.

O ser humano chegou ao seu ápice através de sua capacidade mental, mas não perdamos de vista um fato na história que ficou camuflado. Encontraram um espécie de computador há mais de 10.000 anos sob a terra.
Vocês lembram da estória do Supermam!?
Isso pode ser loucura, mas quando descobrirmos literalmente toda capidade do cérebro, onde o inconsciente é o mistério que estão em chaves intrasponíveis, teremos de ter cuidado, pois pode acontecer o pior, senão superarmos nosso ego ainda enraizado em nós.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Psicologia: Arte e vida

Criação, objetividade e conceito, essas três manifestações em maior extensão, englobam os processos de construções de uma obra e vida. A psicologia nos ensina também nestes três ramos o poder do pensamento, incorporando a estas denominações, que ao meu ver, estabele e desmenbram em atividades criativas de idéias.

Todo pensamento que é também uma forma de criar, cria objetos sensorias dentro da objetividade sentida para trasformar em um conceito, como um caso explícito em uma obra, como em ramificações expressivas.

A vontade que é uma das qualidades da objetividade, porque sem ela não existiria esta denominação de comportamento, nos ensina o interesse em progredir fixando-se no poder de conseguir com acerto. Entretanto antes de tudo, exista a imaginação que é o início essencial à criação propriamente dita. Sem ela a imagem não se formaria, para contextualizar em nosso pensamento.
Como você pode ver, estas três classificações são inseparáveis a um ideal artísitico como também de vida. Podem existir outras expressões mentais, porém estas são determinantes para criar um objeto.


No tratamento na psicologia individual, também se baseia em análise estas classificações, onde a objetividade impera. Denotando-se em uma determinante a força de vontade às trasformações de conceitos, pelo qual o profissional delimita e/ou incentiva dentro do pensamento do paciente a sua própria personalidade interior.

Como exemplo tentarei demonstrar como na maioria das vezes acontece no princípio este processo:
Quando pega-se um lápis e uma folha de papel, você imagina o que fazer dando surgimento ao processo criativo interior, onde o conceito agora com objetividade, pois sem ela você não escolhe e o que fazer, será direcionada ao seu corpo onde as mãos serão o seu veículo. Todo este processo é retilíneo e incluído ao poder da força humana, pelo qual sua raiz de extensão e feita pelo raciocínio, onde toda a sua propriedade é verificada e criada.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Método e Persistência: ARTE

O método e a persistência é que faz do artísta artífice de todo esse processo denominado: Arte. São neles a busca de entendimento e perseverança no belo em questões criativas. Através da prática consistente e idealista supera-se a si mesmo. Nalguns momentos pode-se parecer sem sentido estas palavras, mas só a vontade que o indivíduo superasse para criar mundos, pelo qual ele será o senhor de sua própria escolha e observação alheia.

Observações, comentários, intrigas, fofocas, fazem parte deste sistema individual, a ação por mais lenta que seja é um caminho que deve ser sentido na pele e nos poros, cada vez mais. Criando situações que se fixam dento do possível artista.

Um livro com didáticas e teorias práticas, é muito bom, e pode ser usado dependendo como disse anteriormente da vontade do indivíduo. Se a pessoa não tiver persistência não chegará aos seus objetivos esperados, isto é um fato.

Nos meus estudos, sempre tive um desejo de ser artísta e falta muito para eu chegar aos meus anseios enquanto criador de imagens, mas foi quando fiz dezenove anos meus caminhos me levaram a este, e fui progredindo pouco à pouco. Neste século pós-contemporâneo os adolescentes pegam um lápis e um papel e em poucos minutos se verifica uma bela obra. Já nasceram com este dom criativo, no meu caso não foi bem assim, mas também vejo muitos nessa mesma situação.

Faremos de nosso mundo mais belo e a natureza se encarregará de nos fortalecer neste caminho.

Ilustração!!!


Essa ilustração eu a fiz há um ano, empolgado pelas artes marciais chinesa me veio na memória esta imagem. Principalmente pela ordem e disciplina dos Samurais seres estes que serviram como guerreiros e tentavam libertar seu povo do caos político e militar.

sábado, 26 de junho de 2010

Leis e Conspiração/ O que fazer?

Todos já conheceram estas duas palavras invetigada pelos internautas no mundo inteiro. Mas o que na verdade esta conspiração ou Nova Ordem quer de nós já pensou nisso!?

Expeculações são várias e muitas delas mentiras baseadas em informações antigas, mas na realidade em questão e devidamente calcada em simulações, que não deixa de ser VERDADE. Estamos em um mundo globalizado em todos os sentidos e porque não neste sentido relatado. Temos que ser pessoas do bem em qualquer circunstâncias, e até os escolhidos serão ludibriados pelo lado material e expeculativo, isso escrito na Bíblia há mais de dois mil anos, e como várias explicações neste mesmo teor e alerta. Porque estou dizendo isso aqui no blog!?
Porque preocupo do que virá e tenho certeza, sofreremos as consequências vindouras, não tenho dúvida. O Pensamento que deverá ficar enternamente em nós é o amor em Deus. As vezes esbarramos por situações que nos são desfavoráveis, mas uma dica, viva sua consciência, pois ela dirá o caminho, pois Deus manifesta-se em seu coração, por mais as coisas estão mal sempre existe o porvir. Leiam sobre isso na internet e você verá várias situações que o fará pensar, mas confie em algo que exista em seu ser o amor. Com diz Jesus: "Eu fiz as coisas boas e amáveis" e quando curava dizia" vais e não pecas mais". Eu sei das pessoas que entram neste blog e como companheiro lhe entrego estas frases de conforto e que tenham fé Deus pense nisso ok!?

Marcos.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Vivendo a vida que nos foi dada.

Eu tenho um poema que diz entre uma estrofe e outra:
A vida é assim, o que dizer dela se é por ela que vivemos!
E outro ditado muito conhecido" O passarinho não canta porque é feliz, ele é feliz porque canta"

Mensagens estas que nos renovam, quando dela necessitamos ouvir ou senti-las em nosso íntimo. Vivendo a vida que nos foi dada, é mais uma sugestão para que sintam em seus pensamentos a imensidão de dizeres ocultos em cada movimento seu. Todos necessitamos de um refrigério mental e físico, e quando acendemos uma vela clareia um caminho onde antes era desconhecido. Têm uma historinha muito significativa que diz o seguinte:

Dois amigos estavam fazendo uma caminhada em uma floresta fechada e se perderam devido o anoitecer que chegou derrepente. Depois de algumas horas perdidos, um dos amigos caiu em uma ribanceira. A chuva começeva a cair e ele não tinha outra escolha a não ser salvar seu amigo, mesmo com muito medo. Estava trovejando e a sua lanterna não funcionava mais. Cada trovão lhe assutava, mas depois de alguns minutos percebeu, que a luz fazia que visse um caminho ao seu redor onde viu um caminho que pensou levá-lo ao local. O seu medo se trasnformou em fortaleza salvando seu amigo depois de alguns minutos onde os bombeiros chegaram para levarem até suas casas.

Processos sensoriais nas artes

Quando desponta um desejo de ser artísta veem em nossas mentes milhares de conceitos e impedimentos reais ao processo em vista. Porque? Devido à toda alternativa escolhida sempre existir sofrimentos reais e/ou imaginários. Entretanto damos a cara à tapa, e iniciamos convictos nesse desejo. As sensibilidades se afloram e cada dia desenvolvendo arte engradecemos e sentimos em nossos poros, a realidade que começa a sair por nossas mãos, ainda que seja pequena tal realização. Muitos começam desenhando, outros pintando, e outros mais, fazendo pequenas ilustrações no computador. Tudo é retilíneo e constante como à própria força que nela deverá ser empregada.

O sensor mental tenta codificar de todas as formas estes processo que é causado desde o início. Sentimos animados ou desanimados, alegres ou com tristeza, mas garanto que ao começar e se gostar do que foi feito, ficará sempre uma chama a desvencilhar-se do mesmo. O coração bate mais forte ou devagar, sentimos calafrios ou o corpo fica quente, nossas mãos ficam geladas ou ficamos sem reações adversas. Estes são sinais de que estamos vivos e não desista se no começo ficar embaraçoso, pois todo caminhar é feito com nossas próprias pernas. O psicológico dito em um texto neste blog, fala sobre a criança e o começo de interpretar objetos. Dê uma lida, para ficar mais familiarizado com esta informação que ao meu ver é significativo.

Já percebeu quando jogamos futebol cansamos de correr, mas quando chega o gol é só alegria. Na arte e tudo na vida, existe este mesmo mecanismo, quando conseguimos ultrapassar nossas esperanças perante ao desempenho empregado ficamos eufóricos e felizes. Gosto muito de rabiscar em um papel desenhos, em cadernos quando estou descansando isso é uma espécie de distração, mas na ralidade aprendo muito fazendo isso. Porque cada detalhe de uma ilustração e/ou imagem se faz e é com muito treino e dedicação mesmo aparentemente não sofrendo com tal empreendimento. Então os sentidos e conclusões que fazemos no decorrer deste processo de ver, mais claramente as coisas ao redor, mais aplicado seremos e sentindo na sua arte, maior será sua criação.

sábado, 19 de junho de 2010

DESIGNARTS.

Os estudos e interesses no design é surpreendentemente maior do que há muitos anos onde a pintura tinha o mesmo ideal. Não era de se esperar devido a globalização social e digital que vivemos hoje, onde a mídia gestoriza todos os acontecimentos digitais e/ou online, e o computador transmite tudo aos profissionais.

No período anterior os trabalhos artísticos eram transportados por cavalos e padres entre uma região e outra, agora um simples click no mouse, trasforma e desenvolve tal empreendimento. O mundo evoluiu e as artes também, como tudo no transcorrer destes processos há uma única mensagem, que é criar, e criar observadores da própria criação artística. Os construtores inventaram uma maneira prática de realizar trabalhos e receptividades de acordo com a evolução humana.

Nos séculos passados era uma dificuldade de interlacionamentos de profissionais e até hoje isso se verifica. As artes plásticas pelo qual também dou ênfase neste estudo, sempre existiu grupos etilistas envolvidos para divulgação da mesma. Isso pode até acontecer com o designer, quando não conhecemos outro(a)s, na mesma realidade em questão. Entretanto praticamente isso não é realidade geral, porque sempre há designers, que fazem seus trabalhos individuais(freelancers), e ganham muito bem em sua divulgação digital e criativa.


Continuação...

sexta-feira, 18 de junho de 2010

DESIGNARTS.

Terceiro Capítulo

As intermediações envolvidas entre o design e arte, é apenas o material a serem transformados. Como sabemos as artes plásticas é desenvolvida e expessada na tela, argila ou madeira, papel e grafite e aí vai... O design formalmente inventor e construtor de idéias, constroe através de um programa específico, pelo qual não é mais ou menos expressivo em questões de linguagens ou informações cerebrais sentidas pelo observador.

As suas intervenções diga-se de passagem entre uma e outra foi como uma explosão neste século XXI, e muitos artistas conhecidos internacionalmente começaram a sentir gosto pelo design, surgindo então avalanches de conceitos, idéias, e muita ideologia a respeito em questão. Neste processo ainda em inclusão foi surgindo vertentes, ou explicações que o separou da arte que existe desde o homem pré-histórico. E toda cultura ou subdivisão foi tomando espaço aos nossos jovens designers, quase interventor de todo deste processo cultural em voga.

Foi incluindo nesta nova fase artística, denominações e idéias digitais muito fortes e devido ao movimento desse mesmo mecanismo foi-se perdendo o seu conteúdo ou sua raiz. Esta questão aqui explicada no texto não é geral, pois existem muitos designers conscientes desta característica ainda reveladora.

continuação...

DESIGNARTS.

sábado, 12 de junho de 2010

O Sentimento Digital.

Casualidades, diálogos e muita diversão, são conceitos e atitudes que vêmos no bate-papo digital. Já não existe intermediações ou barreiras para uma simples conversa, seja amorosa ou não. Os jovens de hoje inventam a cada instate, uma nova forma de comunicação, onde cada caractere ou informação gramatical se perde entre símbolos criados. O sentimento digital por mais compreensivo pareça entre duas pessoas ou mais às vezes e muitas delas são superficiais e de momentos.

Um aviso que é bem significativo é não perder horas nestas salas, pois em exagero se perde e fica inadptado ao meio social e até estudantil dando ênfase aos jovens.

Professores e pais deverão incentivar a leitura regularmente, porque desenvolve contextual e mentalmente pelo qual não irá se debater em processos fechados.
Não só adolescentes como adultos também se interlacionam neste meio digital, devido ás vezes carregarem uma vida sem sentido ou significado aparente.
Uma conversa amiga e/ou um diálogo corriqueiro, não faz mal a ninguém ao ego humano, mas o exagero se torna um grande mal à vida que construímos dia a dia.

terça-feira, 8 de junho de 2010

A INFORMATIZAÇÃO ESTÁ NOS PLUGANDO

Anos a fio desde o início da industrialização em massa, somos incutidos pelas respectivas máquinas (tecnologias) que agora fazem parte total em nossas vidas. Não conseguimos ficar sem o celular,computador, sempre nos plugando para estes aparelhos portáteis ou não pelo qual sem ele ficaria sem sentido.

O dia a dia estão cada vez mais próximos nestas realidades e a tendências e continuar. A inclusão digital e social já é uma realidade. Chegaram as empresas de mídias, texteis, autos. O que eu acho mais surpreendente é o fato de nós ficarmos como que agarrados à elas como uma situação vital.

Sabemos do conforto e sua eficácia, mas lamento pelos tantos "dados" de informações que nos causa estress e muita falta de paciência, pois tudo é pra ontem. o processo é inalterável, não há como voltar atrás, seria impossível pensar nisso. O que você faz quando está descansando, vê TV!?

O corpo precisa de ação mas também de repouso, e a vida pelo qual nos foi dada precisa disso. Como estudante das artes e design, verifico tal realidade e muitos não conseguem ou não percebem isso devido ao patrão ou plantão que lhe é dirigido. Este paradigma nos fazem muito dependentes de tudo e por isso existe coisas a mais para fazer. Ler livros, ir ao cinema, meditar sobre o desenvolvimento apreendido e trabalhar não é verdade!?

domingo, 6 de junho de 2010

Um mestre a ser seguido.

Todos nós procuramos um norte, apoio ou conselhos, para suavisar nossa vida. Por mais estamos bem conosco mesmos, sempre haverá aquela pergunta, incutida em nosso pensamento, quem me protegerá!?

Quando formos mais além de nossas percepções e anseios vem a resposta suavimente e tranquila em nós, você é a resposta que tanto buscava. Você é seu mestre, lá no fundinho de ti clama uma voz capaz de superar e sair de todos os problemas que lhe envolve. O caminhante e todos nós somos, chega em um momento que percebe a maravilha de sentir tal situação. O mestre por execelência Jesus se apoiava em si mesmo, pois no fundo sentia Deus dentro dEle e aquela voz pelo qual era seu guia. Nunca deixou de meditar e isso fazia parte de sua vida na terra até sua morte, e quando descobrimos isso, verdades antes escondidas surgem como um oásis e só você sentirá isso. Não é questão de palavras ou explicações é sentimento, que não cabe mim explica-las e sim você senti-las. Somos eternos e sozinhos, mas as forças maiores também estão dentro de nós. Tudo no universo está dentro de ti e sabiamente Deus também está, o que eu quero dizer com isso!

Que quando achar-se sozinho sinta sua presença que o clama e que você percebará esta realidade e verás a beleza de existir no universo.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Design e arte

Linhas, contornos, formas, processos estes que delimitam os desenhos propostos. Pode-se dizer, que cada caractere tem uma consequência através de outras, onde a imaginação se desenvolve nos processos adquiridos durante uma apredizagem real durante seu caminho. O design " construtor" se desenvolve também promovendo-se assim parâmetros de observação dimensional contínua no projeto em vista.
O construtor por anseios do mercado capital e empresarial inalteráveis a sua profissão com esta formula juntas, aplica-se e se sensibiliza em sua pratica por estes desejos mercantilista tão em voga hoje. O designer palavra desgastada em seu meio de interação midial, é um artista por excelência, construtor de sonhos, onde aquela permanece alterada pelo design entre intercambiamentos e processos de serviços pelo quem faz em seus projetos. O ideal palavra intermediadora de vontade faz do jovem ou adulto construtor uma vírgula nas palavras escritas pelos sábios desenvolvedores de idéias.
O mundo não aceita vacilações ou falta de comunhão pelo qual se dedica. É isso que se transforma sua base desde de cedo e o jovem deverá compreender em seu raio de extensão este procedimento que envolve em sua profisissão escolhida. Todos caminhos existem alternativas que o levarão a pensar em demasia e até asfixiar-te, pois cada vertente escolhida um caminho a ser percorrrido.
A leitura, observação e pratica o levará a você ter o seu mesmo caminho, escolhida pela sua caminhada e também vontade, que é a chave mestra de todo objetivo.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

SEJAM BEM-VINDOS!!

Incentivos culturais estão a cada passo se expandindo cada vez mais em Belo Horizonte. Incentivos estes de maior qualidade e inspirações na área respectiva. Este polo crescente aumentam em escala muito grande durante alguns anos, baseando-se neste desenvolvimento estes que acrescentam, conceitos, ideías e ideias ao público em geral, carentes destas manifestações artíticas. Diz o ditado" em grão em grão a galinha enche o papo". Aos poucos este crescimento desvenda ou melhor abre caminhos para sociedade dando criatividade e imaginação à elas mesmas. Fui ao teatro de objetos, vi várias crianças e jovens percorrendo o local, é isto que as crianças precisam. Não sou contra a tecnologia, pois trás conforto e intelectualização, mas a cultura é que enobrece o homem.

terça-feira, 25 de maio de 2010

UM PRESENTE:

A sabedoria se desenvolve através de conceitos e oportunidades que todos por oportunidade deveria agarrar. Saber e " saber" com sabedoria, desenvolve na pessoa à níveis inantigíveis porém reais. Pode-se chamar um presente este tema proposto, pois todos à perseguem ao seu viver. Crianças pobres em aglomerados viram e saem através de profundos estudos um cientista com sua convicção de querer. Para mim na minha modéstia descernimento à sabedoria se desenvolve e apreende por mecanismos de interiorização. Quando livros, filmes nos inspira em algo maior, descobrimos até então aquela pequena chama que nasce ao despertar resumindo o saber. A vida atribulada e infeliz se torna calma e feliz, pois compreendemos todas as situações que até então eram impeceptivos, isto na prática e costume prática de querer com "saber". Por mais construímos, haverá sempre algo mais importante, este estado que cabe a nós enteder desde o princípio. A natureza não dá saltos como meu antigo amigo falava, porque este processo não é diferente de qualquer outro caminho. Por isso, fazem aquilo que gostem mesmo se alguns acharem incoveniente.

domingo, 21 de fevereiro de 2010


Houve um tempo


Houve um tempo
que as pessoas se degladiavam
e também se amavam.
Houve um tempo
que achavamos
que tudo estava errado
e de imediato o tempo
infinito nos mostrou
o contrário.
Houve um tempo
que o tempo era mínimo
e agora nós os queremos mais.
Houve um tempo
que eu entendo e outro
fico descontente.
Houve um tempo
que desisto de falar
e acredito em cada andar.
Houve um tempo
que tudo se tornava claro
Tempo em um houve estar.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Pequenos fatos da vida!

"O homem é a medida de todas as coisas", visto por um ângulo de 180 graus, observamos momentos que nos faz pensar sobre a vida e suas intercalações que por ela nos envolvem.

O que eu aprendi nesta vida é que nós aprendemos só através de duras provas, somente assim despertamos.

Tem uma história que diz que um mestre e seu discípulo estavam pescando em um lago. E o curioso discípulo pergunta ao sábio: Quando enfim eu terei a sabedoria? O sábio sem pensar duas vezes coloca a cabeça do coitado no lago e o deixa agonizando. O discípulo por alguns instante pensa:
Mas que mestre maluco! Imediatamente o mestre levanta a cabeça do discípulo e o sábio diz:
Quando você tiver a mesma necessidade de ar que sentiu você aí sim terá o que procura.
Infelizmente o homem escolheu este caminho, da vingança, inveja, traição tudo aquilo que pensamos não ter. A vida realmente é dura eu sei, mas não estamos lutando com ninguém ou ideologias, pois no final de tudo estamos nós e Deus, é ele que sabe o coração de seu filho.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Pequenos gestos fazem a diferença!!!

Maria da cruz é paraplégica e conversa com Mário que é cego, aquela conversa com Isabel surda e muda através de gestos. Todos os dias eles se encontravam com entusiamo e alegria. Havia um homem Ronaldo escutava a euforia de todos e também queria ficar no grupo, depois de alguns dias era mais um integrante das conversas sadias. Ronaldo aparentemente sem nenhuma limitação não viu mais aquele grupo na praça e resolveu divulgar experiência pelo qual viveu juntos. Ronaldo era medingo, mas sabia de uma coisa. Tem gente que têm pernas e não andam, enxegam mas não veêm, e escutam, mas não ouvem.

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Desabafo!!!

Eu gostaria que a vida fosse diferente, não essa maluquisse que eu vivo;

Eu gostaria que todos fossem educados e sinceros, mas o que vêmos é o contrário;

Eu gostaria de viver cada momento, mas gastamos horas dela trabalhando;

Eu gostaria sentir mais humano, tendo todos os sentimentos, mas o que vivo é contrário;

Nós não nos respeitamos e por isso o mundo não muda;

Cada frase, desejo ou metas ficam no coração, mas o pensamento no dinheiro;

Eu acho que temos que mudar, mas as vezes não queremos este sacrifício;

Dizem que a prática do bem é um hábito e porque nós não escolhemos este caminho;

Que pena nós sabermos tudo isso e não praticamos no dia a dia.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010


Este sou eu cartonizado, queria falar um pouco de mim e fiz este desenho:
Umas das coisas que mais fica em meu íntimo é a teimosia, mas ao mesmo tempo sou desprendido em relação a ela mesma;
Não sei mentir, tento, mas não consigo;
Sou muito inteligente e ao mesmo tempo não;
Sou sincero ao que penso, apesar de falhar ao dizê-las;
Sou educado e as vezes não me reconheço;
Em algumas situações sou simples e as outras nem se fala;
Sou tímido e converso pouco, e as vezes, o contrário;
Tem ocasiões que fico filosofando sobre a vida e sua beleza
e também sobre a maldade dela;
Então é isso não sou tão diferente de você que está lendo ou será mentira minha!?

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

A Isca da Sabedoria!

A isca da sabedoria é uma metáfora para uma realização plena da inteligência. As oportunidades estão aí, basta motivação e iniciativa para compreendê-la. Diz um provérbio que diz: "De pensar morreu um burro" exatamente se você pensar que não conseguirá privilégios, a vida te dará este retorno. A maior oportunidade é o que você está passando neste exato momento, não tente trocar o maravilhoso e belo pelo realista insano, pois o futuro dará seu jeito e suas consequências. Quando você descobrir que é o coração que o governa, caminhos reais serão avistadas em seu olhar rejuvenecido.

Existia O Amor do Sol pela Lua, os dois nunca se encontravam, mas eram apaixonados um pelo outro. Enquanto uma despontava o outro surgia. O Sol para ficar um pouco menos infeliz emprestava sua luz a lua e esta radiava de amor.
Houve um dia em que os dois ficaram cara a cara e o tempo parou, mas perceberam que os homens e toda natureza morria aos poucos. E por sugestão do Sol os dois voltaram como eram, neste amor eterno e platônico.

E esta estória serve como reflexão que não é tudo que amamos seja bom aos outros, e por uma questão do maravilhoso devemos deixar como era antes.

domingo, 31 de janeiro de 2010

A Escrita em Nós.

O que foi criado pelo homem foi incentivado pelo interesse ( conforto) em detrimento a sua angústia de conseguir e realizá-los. O livro e/ou a escrita foi um resultado desencadeador do intelecto desde a civilização egípcia, pelo qual foi a primeira civilização a deliberar e criar este atributo vital a população e ao seu povo. Passados anos e anos e o conhecimento da vida ou entreterimento da mesma, nos faz sentir hoje em sua respectiva admiração, este maravilhoso senso de investimentos de conhecimentos. Encontramos todos e estão fixados em nós ainda latente(íntimo), devemos entender a sabedoria pelo estímulo da inteligência que serão construídos pelo bom senso e o belo. Textos foram criados e nós inovamos e crescemos com eles, entretanto deverão serem analizados pelo crivo da razão ou perdemos os sentidos e seus caminhos anteriores . Quando percebemos a sua incongruência e /ou embasamentos devemos passar adiante. Diga-se de passagem à textos e livros que não gostamos isso é natural do ser Humano, mas nós nestas explicações e crenças aprendemos algumas situações que antes não tinhamos como interpretá-los. A teia da vida nos leva a sentidos de todos os lados e devemos ter percepções de aprender e a ensinar para a defesa e entendimentos do porvir.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Seguindo com suas próprias pernas!!!

Quando descobrir que devemos caminhar com nosso próprio esforço, veio em mente estas situações que a cada dia me entristesse.
Pessoas jogadas ao leu sobre barro e lama, ocasionado pela chuva e má ordem pública.
Governo que incentiva milhões, sendo que milhões morrem por comida aqui no Brasil.

Devemos mudar conceitos e ideais e entender sobre o dinheiro, pois nós mesmos que construímos tal reação da natureza Humana e Divina, sendo isto apenas consequências de nossos erros praticados. Como os pensamentos do bem constroí percorrendo a atmosfera da terra ele também distroí como no sentido oposto. Criamos nossa própria cama e agora teremos de dar um jeito de nos aconchegar nestas circustâncias. O mundo não é mal e sim quem habita nele. Quando entendermos que criamos mundos privados, mentalmente também morreremos a cada momento se não o compreendermos que somos livres. A vida é assim, não tenha dúvida, altos e baixos a cada instante e percepções antes vista analisadas agora sobre o crivo da razão. Sabemos de tudo isto, mas você realmente faz algo para ajudar alguém!!! Se a resposta for não, então começe agora, faça aquilo que mais aspira e enche corações carentes de luz. Todos sabemos como ajudar bastando apenas meios para serem manifestados. Sem mais...

Obrigado Marcos.

domingo, 17 de janeiro de 2010

Continuação do conceito Designarts.

Este texto vai ser uma das metas para eu incluir conceitos que ao meu ver está claro para percepção e desejo de significações que cabe o leitor e não somente eu, decidir se aceita ou não tal análise.

Primeiro capítulo

Pelo estudo aprofundando no tema design e artes (designarts), incluem-se nestes dois temas um só significado. Pois a primeira foi transformações vitais a sociedade capitalista e/ou industrial. Anteriormente desde a idade dos egípcios, transfiguravam-se a idéia plástica a um conceito apenas estético (artistas e artesões) envolvidos em cultos. Isto percorrido anos desde esta época, pessoas que incluíam tal paradigma ou aplicabilidade de conceitos artísticos, tem lançado nos dias atuais conceitos ainda sectaristas a respeito de tal empreendimento. Nos tempos antigos tudo era baseado na troca de mercadorias e objetos para consumo, como todos nós sabemos. Com o passar dos anos, foi-se desenvolvendo a moeda e logo em seguida os próprios recursos sendo catalogadas, investidas em alimentos, objetos, todas as manifestações de conforto e bem estar dos indivíduos.
Logo depois na industrialização com o carro-chefe deste processo o design para desenvolver tal parâmetro comercial, “a arte” tomou outro rumo, mas convenhamos apenas em sua maneira de ser criada e manifestada. Carros, produtos eletrônicos, e vários outros objetos e materiais foram construídos para o conforto da população e a demanda cada vez maior para investir em recursos para tal fim e consumo. Anteriormente e até hoje as artes plásticas é movida a deslumbramentos e status, hoje o design não deixa de ter este mesmo privilégio e artifício, apenas com um lado comercial de investimentos industriais.
Os desenhistas e artistas eram considerados como mestres na época moderna, onde o discípulo era escolhido a dedo pelos respectivos desenvolvedores de artes. Tudo era vago naquela época vamos dizer assim. Pois a pretensão e investimentos culturais da época eram realmente estabilizados por fatores apenas de estatus pessoais. Mudou-se todo este seu real objetivo, tema “arte” durante o período que procedeu a era industrial.

Onde havia pressuposições e envergaduras apenas de apresentar a obra ao público, da região antigamente, hoje é mostrada pelo o mundo inteiro pelas mídias; televisiva, radiofônica e online.
Cada processo criado pelo homem tem em sua raiz as conseqüências delas imaginadas e/ou criadas, porque as atitudes de uma geração são formadas para a sua posterior, e está é a chave para compreendermos estes sinais aqui exposto.
Baseando nestas situações de pré-iniciativas e pré-eventos nos torna claro, a evidência do texto.
Situamos hoje no mundo das tecnologias e não era de ser diferente, até o ponto de surgir à cibernética (automação tecnológica) dentro das “artes” que também não se perde seu fundamento legítimo. Devemos olhar os horizontes e fixarmos nossos pensamentos em algo produtivo e realizador de conceitos antes jamais imaginável, pois todo o processo aqui exposto, somente seria estabelecido e escrito devido a sua fonte artística desde quando foram criadas. Não podemos separar tal movimento determinando que design seja assunto separado, pois uma não se move sem a outra, e há sim uma integração uma junção como explicado antes proporcionada pela evolução de conhecimentos fixados durante milênios.


Segundo Capítulo

A palavra design é muito subjetiva, esta profissão é das mais versáteis e inteligentes na exposição ao mercado, pois ela engloba tudo, desde invenções, criatividade, flexibilidade e controle industrial. Este empreendedor de sistemas comerciais investe em conhecimentos da escrita, imagens e teorias canalizadas à demanda mercadológica e/ou industrial. Para se ter uma noção da responsabilidade em questão, todos os empreendimentos, imagens de produtos, propagandas, negócios, o design ou “artista”, deverá ter noção exata na sua função como divulgador de situações e investimentos industriais a sua volta, e estas informações e conceitos não se aprende somente em cursos e faculdades, mas também em conseqüência do respectivo trabalho proposto; percepção. Esta profissão move o mercado, discrimina ou inventa, são gesticuladores e mestres de sua própria manifestação artística.

Antigamente os doutores, mestres e comerciantes é que carregavam esta bandeira, para mais tarde surgir pessoas de conhecimentos em sua manifestação conceitual coletiva.
Diga-se de passagem, cada movimento, incentivados para propagar as Artes, era também dificultado pelos senhores elitistas, quando tal empreendimento não era venerado pela mesma, conceitos estes que vemos nas galerias desde àquela época. Esta parte ainda sem termos estabelecidos, surgiu os movimentos de artistas fazendo arte sem o conceito das elites, tornando-se assim senhores de seu próprio sustento, idéias e ideais. Como disse as conseqüências são retilíneas e constantes e cada processo, move idéias e conceitos tentando permanecer ao fundo a mesma origem anterior.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Interação pessoal.

Músicas, pinturas, desenhos, esculturas, design todas estas vertentes sobre o domínio da arte propriamente dita. Em cada espetáculo denominado pelas artes, são suspiradas e convertidas em alimentos culturais. O pensamento tenta entender as subjulgações sentidas e contidas pelos artístas, com uma expressão de"ludere" lúdico ou expressiva sensorialmente. Quando vou em galerias, fico sem saber o que vêr, devido a necessidade de entendê-las em todos os seus aspectos e catologa-las em meu ser. As vezes levo comigo e consigo expressar os seus sentimentos subjetivo, mas realidades ainda desconhecidas, me faz pensar em demasia, pois sou muito crítico pelo qual observo. Em geral gosto de todas as linguagens, e me entrelaço por entre elas, para passar às pessoas em sua manifestação real e não deixa de ser uma ilusão(lúdico), pois na verdade quem deve sentir e criar conceitos, é o próprio observador.

A música está em alta e sendo muito ouvida pelos jovens, Mp5, Mp12, Celulares etc...
Foi comprovado científicamente que pessoas que escutam diariamente música, têm mais acesso ao processo mental motor, sobre o domínio do pensar. Como a matemática que estimula os sentidos lógicos à música pelo qual também têm esta metodologia e/ou funcionalidade. Todas as artes nos engrandecem, e todas não toma espaço intelectual e/ou emocional, e sim, aumentam nossas capacidades de vida e flexibilidade dos sentidos.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010


Esta ilustração é antiga, só fiz alguns retoques e mudei a cor do carro (Cadilac Eldorado). Para alguns este carro é um sonho e para outros realidade.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Algumas Logomarcas que fiz:











Inteligência: Abstração e lógica.

Inteligência e diferente de um homem inteligente, este aborda um conhecimento específico e outro a sabedoria. Uma interliga á outra mas, o homem sábio interpreta as duas maneiras de conhecimento. A abstração do cérebro é conigtivamente superior ao lógico, pelo qual, este é bastante desenvolvido nos países ocidentais notificados no hemisfério esquerdo (lógico). A abstração é na verdade a maior parte substanciada de conceitos, premonições, instintos da mente humana, onde também organiza ou desorganiza idéias. Este lado é ainda um pouco desconhecido (o inconsciente), e nela está a chave da sabedoria, quando conseguimos transpassar para o lado consciente intuições serão desvendadas. Para tal propósito é necessário muita meditação consciente e auto-conhecimento, desvendando assim sentidos fixados nas ímbrias de tal recurso mental. A psicologia nos mostra este intercurso mental, principalmente nas aréas da Gestalt e hipnoterapêutica, onde a primeira observa o ego (o total) a raiz do problema mal interpretado pela pessoa e a outra refaz sentidos para uma real avaliação e indução de períodos conceituais e conclusões para melhor viver no cotidiano.

Colocando estes conhecimentos na área artística, principalmente o conceito da Gestalt, vêmos situações onde está a raiz da interpretação do inconsciente, pois a arte é desenvolvida na parte sensitiva e/ou abstração( Hemisfério direito). Por experiência e estudando alguns livros, descobri que qualquer pessoa que sabe gesticular e/ou desenvolver seus pensamentos na escrita, conseguem desenhar, isto não é um mito. E saber desenhar não é somente aqueles que nascem com este talento(dom), e sim, qualquer pessoa com sentidos apurados que por ela impele.

A lógica é uma área mental e imperiosa para trabalhar conceitos, objetivos, todos as manifestações concretas idealizados e analisados pelo o raciocínio. Este atributo está claramente aplicado as pessoas que conhecem e têm capacidade para se esclarecer nas áreas exatas (matemática, física, química).

Incluindo também a lógica às artes percebemos que é ela, que dá nome aos conceitos abstratos, como por exemplo um quadro de pintura sendo analisado pelo observador, dando sentidos lógicos à tal obra.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Um livro.,um amigo!!!

Sempre quando posso estou lendo, viajo em cada letra e palavra. Vêjo situações que segundos antes estava apenas latente em meu ser. Concluímos e inventamos situações, o livro amigo incondicional, nos invade de realidades.

Gosto muito de livros didáticos e releio uma obra várias vezes, sem piadas eu tenho um que o li mais de vinte vezes. Cada frase aprendo um pouco mais. A vida é também como um livro que escrevemos, somos escritores por excelência e críticos de nós mesmos, somos consumidores de idéias e também, desenvolvidores de histórias. Vejo sinais de instruções e veneração pelo qual situamos e um homem novo surge à cada leitura.

Sinto como um bebê que aprende a dar os primeiros passos e esqueço onde deixei o bico. Deixo a esta mensagem aqui e lêem muito, porque o conhecimento não toma espaço e sim ficamos mais flexíveis.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Sempre, há um dia para Reflexão!!!

Não queria colocar este post aqui, mas é necessário principalmente para mim. Todos os dias eu rebolo para deixar algo interessante aqui, e olha que consigo menino(a)s!!!. Mas há aqueles dias de reflexão onde o mundo pára, e você, conversa consigo mesmo. Será que estou no caminho?! Será este é o caminho certo!? Será que estou de acordo com minha personalidade perante ao meu conceito de vida!?
Nesta turbulência de pensamentos choramos, e aí vêm a bonança e traços de nossa vida começa a surgir novamente. Desejamos nesta hora vitória, amor fraternal e felicidade para nós e a humanidade inteira. Parece que o mundo começa naquele instante e agradecemos à Deus mais este momento crucial.
A vida é assim, nós sabemos disso, não há dúvida. Caímos levantamos, caímos levantamos, imagino agora Jesus, com sua cruz indo para o calvário e sua mãe aos prantos, fala Jesus!!!
E Ele diz:
Mãe eu renovo todas as coisas. Sua mãe fragil e sensibilizada, viu naquela frase um homem que jamais imaginou, pois viu alí naquele momento o próprio Deus.

Eu iria fazer um desenho tridimensional no dia 5 deste mês. Deixei-o guardado para avaliar, e no dia 10, coloquei um caranguejo entre estas espirais. Às vezes tento fazer algo e sai totalmente diferente do propósito, este é o mal do artista à perfeição estética da obra.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

DESIGNARTS!!!

Pelos estudos provenientes em intensão de dar um pouco de luz á compreensão sobre tal assunto as pessoas, pesquizei vários textos, e esta palavra ácima do título inclue tal sentido proposto. Design e arte juntos proporciona-se-ia o real sentido do que venho tentando abrir os horizontes aqui explanando no Blog.

Lendo outros post, você entederá a questão e o objetivo íntimo de desvencilhar ou incluir tal paradigma, ainda permanecido em alguns conceitos de designers e artistas. Não estou generalizando tal atitude, mas vejo avalanches de textos contradizendo esta idéia expressa.

Vou tentar simplificar este assunto baseando no desenvolvimento do homem.
Primeiro veio a fala gesticulada ou pequenos ruídos, depois o livro e agora internet. Tentando expressar estas qualidades inerentes ao homem, vêmos consequentemente; o desenho, a pintura e o design. Processos estes intercambiados por sentidos de objetividade e crescimento humano.

Como diz o filósofo " nada na vida acaba ou se perde, tudo se trasforma".

Esta imagem acima, é uma bairro antigo denuciado pela foto na cidade de São Paulo, desenhando pelos traços e fundo transformei-a no pelourinho de Salvador em baixo.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Um pouco da história dos artistas.

Antes da idade moderna existia ainda a denoninação da arte como ofício e consequentemente em artifícies (Artesões, Artistas plásticos) e mais tarde designers, determinado de acordo com cada prática ressaltada. Nesta época um mestre (Artesão e/ou Artista), ensinava ao seu discípulo uns dos herdeiros que tinha talento para artes, os ofícios. Entretanto não era fácil para o discípulo este empreendimento, pois levava anos para que pegasse no pincel para pintar ou massa e maderia para fazer esculturas. Limpava o local todos os dias, olhava os quadros feito pelo mestre à distância, até quando o discípulo teria condições de aprender. Mas não era tão fácil assim, primeiro fazia apenas alguns retoques aqui e alí e não poderia concluir a obra que começara. Depois de alguns anos o iniciante estudava escrita, leitura e aritmética. Se o discípulo fosse bom, se tornava mestre e então podia ensinar em seu próprio ateliê. O mestre tinha quase a mesma linguagem do antecessor, como exemplo veja a obra de Guangan e de Van Gogh eram muito parecidas, porque tem o mesmo estilo de cor, contorno, exemplificando a mesma linguagem de arte. As situações dos artistas daquela época eram difíceis, mas não tão complexo como hoje em dia. Veja: Para ser conceituado na artes, primeiro você têm que ter investimento para propaga-la, cursos e mais cursos como um norte, onde cada dia mais está difícil conseguir uma faculdade em alto nível como uma bússula para aprender. Observando as situações expostas a maioria dos casos de artistas conceituados, não são da classe média a pobre e sim ao contrário. Mas há um contraste nisso tudo, porque legiões de artistas estão fazendo o contrário ensinando para as pessoas que nunca sonharam em ter tal privilégio. A sociedade e os homens sábios tiram da raiz do problema a solução, pois muitos agora estão ficando cientes da necessidade até vital das artes no mundo. Veja os Estados Unidos domina o mundo com o cinema e a música que não deixa de ser arte. Quando nós brasileiros entendermos que esta é uma das soluções de ensino o mundo muda, tenho certeza disso. Os artistas aprendem a discíplina, concentração, responsabilidade ao olhar e mais ainda aprende amar as coisas ao seu redor.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010


Primeiro iria fazer um desenho de rosto realístico, com formas, linhas,contorno e fundo (Gestalt). Depois me veio a cabeça fazer algo diferenciado, fui colocando linhas nos cabelos e contornando com curvas. Ficou sem graça antes porém, tinha colocado uma espécie de rachadura nos olhos onde colori com caneta esteriográfica. Como disse no começo do blog e vou repetir: Quando não preocupamos com o desenho ele sairá melhor do que o esperado, Graças à Deus eu tive este privilégio de compreender esta frase, e friso é real a sua prática. Tive muitos mestres que passaram por minha vida, mas esta frase dita por um deles, fixou em meu ser e tenho orgulho disso. Vou dar um pequeno exemplo para que você entenda este processo: Quando você vai fazer uma questão de matemática se você por na cabeça que é difícil fatalmente você vai tirar zero. Agora, se começar esboçar regras em geometria, regra de três ou expressões algébricas, você quando perceber você ja fez a questão em vista. Isso é puramente psicológico e no desenho uma vertente da obra humana, não seria diferente. Então é isso abraços Marcos.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

DETALHES DA VIDA.

Muitos são os caminhos, mas só um é a estrada correta. Todos nós somos desprevinidos de estarmos conosco com cem por cento de atenção. Vivemos em um mundo caótico, onde as potencialidades e iniciativas são perdidas à todo momento. Sentimos frustrações, angústias e desesperos que escorrem sobre nossos dedos, por não enteder-lhes os reais sentidos. Ficamos mais atenciosos, as oportunidades são conquistadas e as alegrias voltam sorrateira.

A vida é assim, sentidos opostos por um único objetivo; aprendermos como experiência e apredizagem. A humanidade desde à pre-história, sonha com este momento, pelo qual é diversificado e balanceado entre os opostos; o desejado e o desprezado.

Temos que encarar o mundo ou tal paradigma estabelecido, pois é lutando que aprendemos, por que é a prática que nos dá os segredos e possuí-los. Queria dizer-lhes estas palavras, como também para eu mesmo, pois o reflexo do espelho não é a sua real imagem e sim aquele que está vendo. Tudo se transforma em pó quando entendemos que não é só ganhos na vida, pelo contrário, as perdas são quase intermináveis.

Sentem-se nobres por estarem respirando neste momento, porque à dádiva de Deus nos dá o seu sopro vital. Quando o homem entender que é ele, que têm de caminhar com suas próprias pernas, seguirá confiante e sadio pelo seu eterno despertar.

" Siga seu coração que a resposta lhe será dada"

Eu estava procurando um texto e achei um desenho feito há dez anos atrás por mim, achei-o tão interessante que quiz por no blog é bom lembrar alguns anos. O desenho é feito a nanquim e é muito interessante vejam.