Total de visualizações de página

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Mais um Desenho para estimulação


Este desenho da Ana Carolina eu usei o grafitte e alguns retoques no Photoshop somente.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Design em 3D e a profundidade


Se o desenhista ou designer souber sobre a profundidade em 3D em uma obra, conseguirá fazer qualquer desenho, seja digital ou em outras modalidades. Não precisará fazer dez vezes mais que outros, somente terá que ter atenção e percepção de cada detalhe ao desenhar. Em um destes programas como: CorelDRAW e Photoshop, são ferramentas próprias e básicas para desenhos digitais, com treino você terá perspicácia para desenvolver em qualquer ferramenta para este empreendimento. É também infinito o design (ilustração), cada vez mais cultivado pelo mercado digital pelo qual, já é realidade na vida cotidiana. Esta ilustração é uma amostra para aqueles que querem desenvolver esta arte. Use o CorelDRAW que eu prefiro que é uma ferramenta vetorizada, no Photoshop é mais difícil para iniciantes, porém como nada na vida é só uma realidade, já vi alguns começando no Photoshop e se saindo muito bem, depende da escolha de cada um.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Desenho da Madonna


Este desenho ilustrativo e realista de rosto, foi desenhado com grafite para apresentação, tive uma mãozinha no Photoshop. Este pode-se ser considerado um desenho profissional, contêm cores, preto e branco (grafite) e jogo de luz e sombra. Somente conseguimos com persistência e dedicação, como um ditado muito popular que diz: "Tudo depende da prática" exatamente isso. Tem várias maneiras de se fazer um desenho e este é um deles, usei somente criatividade com uma ajudinha de uma foto de um CD, delimitei todos os contornos e sombras que nele continha. Bom espero ter ajudado para que pessoas tentem desenhar o que lhe vier a cabeça, usei o rosto, pois muitos acham o mais difícil de desenhar. Usem a cabeça e o coração neste propósito, pois o resto só o tempo dirá. Abraços
Marcos.

sábado, 25 de julho de 2009

O Pirulito e a cidade de Belo Horizonte



Caminhos são traçados todos os dias
Preocupações são oprimidas
E cada passo adquirido
Fases de uma cidade grande


O pirulito lá está fixado
Em um movimento extático
Somente ele e o centro
Não vimos em contento ás vezes

Pois ele é importante
Como as pessoas transeuntes
Ludibriadas e preocupadas
Serviços fixam naquele momento
Parados naquele monumento

A cidade de Belo Horizonte
É o centro de tudo
E todo centro tem seus talentos
Demonstrados pelo Pirulito.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

A iniciação das Artes Plásticas

Tudo começa pela percepção do olhar aos objetos à sua volta. Cada vez mais a maneira de perceber o mundo ao nosso redor torna-se bela. Para um desenhista e designer, vê cores e expressões que para um leigo no assunto não veria. Tudo é manifestação do belo e as nuanças e contrastes de cores, se transformam em inspirações para um trabalho seguinte. O desenho pelo qual dou ênfase é primordial para desenvolvê-la, pois para desenhar têm que ter visualização ao extremo, senão a percepção artística não terá a sua supremacia. Para um Designer de interiores, de moda, de bijuterias tem que ter a noção do desenhar, para expor suas aspirações artísticas ao meio externo, pelo qual é transformado em linhas, contornos e formas (desenhos) depois configurados em cada tipo de arte. Tudo na vida exige praticidade e se, não transpô-las ao meio externo ficará somente na memória de quem pensou. Por isso usem e abusem deste atributo, pois depois de algum tempo verá as conseqüências deste entretenimento que talvez quem saiba se tornará um investimento futuro. Nada na vida se perde, por isso na caminhada traçamos para o bem futuro, por menor que possa parecer à intenção ou esforço praticado. No decorrer dos anos fazemos vários caminhos, por exemplo, um escolhe ser advogado, outro médico e outro mecânico. Uns por imposições e outros por escolha, você já imaginou um mecânico que saiba desenhar. Ou se um médico demonstrasse o processo infeccioso nos ossos ao paciente com este diagnóstico atravez de um desenho?! Seria mais fácil alguém diria, pois é! A maneira de ver as coisas nos traz sempre benefícios futuros basta paciência, inspiração, vontade e acima de tudo convicção de realizar algo.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Desenvolvendo no desenho periodicamente


Tudo na vida precisa-se de esforço e dedicação, não é da noite para o dia que você desenhara muito bem. Tudo é um processo. Neste desenho realista também não é considerado pelos observadores e críticos da arte perfeito, mas não é essa minha intensão. Quero mostrar as fases que a maioria das pessoas passsam ao desenhar. Este desenho de um rosto de uma mulher é mais complexo, porém tem poucos detalhes estéticos para ser considerado um desenho de um profissional deste meio. Nele contem sombras e contornos já evoluídos. Este desenho na minha opinião e quando o artista da área já está aprendendo as modalidades do desenho de rosto.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Metodologia da arte.



Este detalhe é apto no ser humano, desde criança já é verificado as tendências artísticas. Como sua maneira de ver o mundo e suas brincadeiras até abstratas é realizada de uma maneira muito específica na idade ainda juvenil. Ela vai-se desenvolvendo em partes específicas como as meninas escreverem bilhetes e os meninos brincando em construir algo. Não são todas as crianças que viram artistas potencialmente, mas quero mostrar atravez deste texto a complexidade e importância das artes na criatura humana sua maneira de desenvolve-la. As crianças desde os dois anos de idade gostam de desenhar e esquecem quando adultos deste detalhe tempos atrás, e um rapaz no escritório onde têm que desenhar, vêem-se sem reação e diz não sei desenhar!
Alguns nascem gênios da arte do desenho e se desenvolve mais rápido, porém digo que todos tem este artista dentro de cada um, basta esforço e somente dedicação. Este desenho aqui exposto é intermediário entre o que não sabe desenhar e ao desenhista. Fiz este esbolço como referência para análise.

domingo, 19 de julho de 2009

Arte Renascentista:


Esta época foi-se baseada depois da arte greco-romana onde constuções de igrejas cristãs eram adotados pelos pedreiros e artesões. Na Pintura Renascentista: A atualização da perspectiva conseguia transpor uma superfície plana em uma imagem realista. Usava-se muitas cores frias e muita luz e sombra em cada quadro, assim sendo, a expressão artística era baseada humanista. Dois elementos destacam-se nesta época: A expressão corporal pelo qual garante o equilíbrio e a segunda expressão de figuras. Nesta fase da história, encontra-se várias obras retratando elementos mitológicos, como Michelangelo; como outros que eram venerados pelos; Príncipes e Papais. Um dos maiores Artistas e o mais completo na época foi Leonardo Da Vinci. Ele era: Artista plástico, Cientista, Filósofo, Arquiteto, Esculpista e também Inventor. Nasceu no dia mundial do desenhista 15 de abril de 1452. Inventor e criativo por excelência, mudou paradigmas e conceitos que até hoje são estudadas em todo mundo.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

O processo das expressões artíticas durante a história

Na antiguidade principalmente no Egito a arte era vedada, não poderia transformá-la em outra maneira de expressão, vamos dizer assim... Durante 3.000 anos ela se fixou estática até quando passou o poder Grego e Romano, pelo quais, ambas se desenvolveram muito na maioria em ornamentos arquitetônicos e esculturais. Entre estas duas partes da história começou-se as artes plásticas tomar forma mais expressivas, no período 1.000 Ac, onde pinturas eram veneradas pelos atentos observadores da elite, quando também surgiram as músicas clássicas, estes representadas também às elites da época. Surgiram muitos escritos, baseando deste modo a bíblia que se ficou na história até hoje que, aliás, é o livro mais lido do mundo. A cultura foi-se desenvolvido pelos autores e muitas obras-primas foram lançadas ao mundo. Como Servantes e Platão logo em seguida, onde sobrepuseram todos os mitos fixados pela mente humana. Depois mais próximo vieram outros, formando sempre um ciclo de conhecimentos na maioria literárias. Diga-se de passagem, livros é um amigo que nós mesmos construímos pela mentes coletivas e necessárias ao intelecto humano. Tudo foi um processo para termos agora neste milênio uma biblioteca fixada nos computadores, onde existe tudo de tudo, bastando apenas um click no mouse. Como diz um provérbio "tudo na vida se transforma", e os intermediadores, são os vértices destes conhecimentos e informações que os canalizam para si ao entretenimento e entendimento dos seres. O computador é agora o carro-chefe de todas as informações do cotidiano, podem-se ver imagens, vídeos, desenhos, textos, dialogar no bate-papo e também desenvolver e mostrar sua interpretação de mundo através de Sites ou Blogs, seja de, negócios ou culturalmente que não deixa de ser investimento mesmo para informar e transformar conceitos. A cultura dos seres humanos sempre teve reflexo com outras prioridades seja política ou filosófica, e a cada dia mundos são criados e destruídos pelos mesmos conceitos e crenças, como uma bagagem, que nunca se acaba.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Expressões Artísticas.

A extravagância é às vezes importante para manter o impacto que queira dar na expressão artística. Como sua raiz é informal e subjetiva deve-se manter a suposta idealização do que seja este “impacto”, senão tudo criado não será informal e sim pessoal no caso exposto. Mas vamos mais a fundo. Quando uma expressão é denominada pessoal ou informal?
Este questionamento não tem respostas, pois as duas são intermediárias e complementais, pois quando se formula um parâmetro entre as duas informações casual, é necessário a informação artística, e a linguagem do autor, senão conter as duas expressividades não será arte propriamente dita. As expressões são várias, literária, plástica, informatizada, mecânica, artesanal e digital. Cada expressão aqui exposta tem suas fórmulas invioláveis ou individuais em seu processo e sua matéria-prima. Por exemplo, a digital precisa-se de um computador ou a artesanal madeira, mas ambas deve-se expressar algo culturalmente seja regional ou globalizado, pois cada área tem raízes em seu movimento de ação artística. Então como vemos a expressão artística precisa-se de conteúdo e processos para atingi-la e informá-las. Para cada expressão uma linguagem, pois se não houver este detalhe não seria plausível e a arte nestes preâmbulos. Você já percebeu que também depende até a maneira de se vestir e demonstrar tal expressividade com a roupa que o artista usa. Isto é elementar e mais um parâmetro para expressividade que lhe queira demonstrar, para observação das pessoas e ao público no cotidiano.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Design uma incógnita

Os Designers na atualidade estão superando os limites em Design. Cada vez mais vemos antigos Designers, se tornando ilustradores devido ao mercado receptivo. Não vemos atualmente simplicidade de cores nas artes digitais, isto no mundo inteiro. Cores e mais cores são lançadas como o Pollock, Artista Americano do século passado na sua fase de estetização exagerada nas artes plásticas. Até os próprios Empresários querem que sua Empresa tenha este toque ou atitude complexa e colorida. Não sou contra, mas acho que devemos ter cautela, como todo profissional deve ter em realizar o seu serviço. Por que acho, isto é minha opinião, a extravagância do belo não se realiza no exagero e sim na simplicidade grandiosa vamos dizer assim...
Eu entendo um pouco de Design e sei da complicação de intervir na hora da divulgação do portfólio ao empresário ou contratante, sendo este simples. Como a maioria vai para mesmo caminho, existe a copia excessiva deste empreendimento, aí todo potencial em sair algo ou uma linguagem diferenciada cai por terra. Infelizmente não podemos mudar o mundo com palavras, e por isso insisto nos jovens Designers ou ao iniciantes na área, para fazer e pensar em seus ideais, pois um caminho é traçado aos poucos, e para realizar algo surpreendente terá que superar obstáculos para isso. Sei do privilégio das Artes em geral e por isso tento passar mensagens ou um norte, mas digam alguns, você não pode dar o caminho!
Porém respondo, quando passamos por um caminho sabemos sua rota e podemos incentivar quando necessário, e também souber informar os perigos quando surgirem, você não acha?!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Arte Digital

Uma das vertentes das artes plásticas está crescendo muito no Brasil, devido a parcerias com países Europeus. As artes Digitais é uma novidade no mercado artístico e está desenvolvendo mundialmente, consequentemente em nosso país.
As bases desta realidade transpassam muito do primeirismo do desenvolvimento cultural. Quadros e papéis foram mudados pelas tecnologias e expressões propriamente Digitais, na arte catarectizada como pós-contemporânea. Devemos refletir do conceito “arte” nestes empreendimentos, pois se pode extrapolar neste ideal em vigor e os ideais antes acreditados, decaírem em uma fase quase espontânea. Todo este processo faz parte da estruturação mercadológica cultural pelo mundo inteiro. Mistura-se arte com tecnologia, onde ambas despertam e interessam à população informatizada. Em Belo Horizonte isto ainda é novidade, não se estabeleceu ainda como prioridade, mas aos poucos são divulgadas em algumas galerias, como o Palácio das Artes na Fundação Clóvis Salgado. Esta não é uma relação com o design, pois esta área já é bastante desenvolvida e tem prestígios até em outros países. Estou relatando imagens, situações onde existia antes quadros, contêm agora Tvs e processos computadorizados, se mistura um pouco de cinema sul-real e vídeos interativos, onde pessoas participam do evento. A Europa sempre teve relacionamentos de interatividade com nosso país, como a França onde foi à desencadeadora das artes Digitais no Brasil fazendo demonstração para o mundo. Cada vez mais veremos Artes Digitais neste milênio, pois este é um dos caminhos já manifestado e apreciado pelos visitantes de galerias. Não há como voltar atrás tudo é um processo que se estabelece devido à própria cultura realizada pelas elites ou afins. Ainda são mostradas pinturas e esculturas em vários lugares do Brasil e do mundo disto temos certeza não irá acabar.

domingo, 12 de julho de 2009

O Vale dos Brinquedos

Todo dia vivo, como um líder do nada
Justificado como morto de voto expostos
Água sobre o espelho e como tolo às vezes,
Penso tirar de graça, aquilo que não pedi de fato
Mas já que entusiasmado fico, também sem sentido, indo.
Fico como uma garça flutuando sobre o rio
Sem sentido e ter aspectos de sentir digo,
Clareza, esperteza, inteligência, peço,
Como um menino no berço
Pegando sim! Um brinquedo preferido
Vejo, sinto e penso,
Mas por desconfiar em mim
Relato assim, o início e o fim.
Beleza reunida em um só vale
Porque os lírios saem da natureza
Iluminado e iluminando o mundo,
E eu como surdo deslumbro
De intensidade aquela proeza ao fundo
De esperanças e angústias ás vezes.
O vale dos brinquedos
É como a vida dos despertos
Vive no mundo, mas, seu pé
Fica no mais profundo aspecto
E quando sente de fato a realidade
Deslumbra a nobreza do mundo.
Porque ele é com o é
Sofrimentos reunidos
Mas no fundo de tudo
consegue acompanhar os seus passos
Na natureza que faz no íntimo.

Drummond

Carlos Dummond de Andrade um poeta e contista por excelência
, sua irônia fazia parte de sua vida pacata e liberal. Onde palavras eram seu caminho traçado pela sua história. Morreu e ficou entre nossos olhos na sua escrita, irreverente e indelicada as vezes, porém superou seu próprio espírito e hoje em dia jovens leiam suas idéias.

Literatura e Cultura Atual

A cultura em geral está se movendo em uma avalanche de conceitos e realizações globalmente como todos sabemos. A internet revolucionou neste ideal, onde culturas seja literária, artística ou plástica se entrelaçam em uma realidade incrível. Já não se sabe a veracidade de tal arte ou ideais envolvida, como se fazer arte por fazer arte fosse à realidade em questão. A literatura em geral realiza trabalhos muito significativos, porém esta parte é somente desenvolvida no exterior onde sua dimensão é maior que aqui no Brasil. A cultura Americana se desenvolveu do século anterior intensamente, como não era de esperar antes realizado pelos Europeus. O governo Americano gasta milhões para desenvolvê-las, pois sabe da importância de introduzir no mundo sua cultura. No Brasil já não é tão conceituada devido a pouca verba investida ou quando o próprio meio de editá-las, não acham saídas para propagá-las. Infelizmente é a luta entre Davi e Golias, mas este mito só fará realizado quando nós aqui estivermos conscientizados no valor desta arte, para então assumir o carro chefe, pois temos talento em manter tal parâmetro. A mídia deveria incentivar mais este ideal nos jovens, pois é a força matriz da sociedade. Deveria ter mais incentivos de governo para este propósito, porque é a cultura que desenvolve o ser, nos aspectos até vital, para também se fixar na história de amanhã pelos rastros que ela produz. Vejam a cultura egípcia ficou eternizado pelo tempo há mais de 4.000 mil anos, onde pinturas e ideologias fazem parte de nossa história até hoje. Na época atual vemos traços das artes em cada canto do planeta, seja manual ou mecânica tudo em nossa volta está um pequeno traço dela. Na roupa que usamos, nos objetos que possuímos e até culturalmente, o nosso alimento que consumimos de cada estado do Brasil, baseada na cultura que neste caso é da população regional.